Notícias

Professor: aprenda a organizar uma discussão online

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Criar debates entre alunos sobre as matérias que você leciona é muito bom para fixar o conteúdo e perceber o senso crítico dos estudantes. Muitos professores têm optado por fazer essas discussões online, por meio do Skype, Twitter ou grupos do Facebook. No entanto, para garantir a produtividade desse ato, é essencial que alguns cuidados de organização sejam tomados.

 






Leia também:
» Professor: descubra qual é o melhor tablet para o ensino
» Descubra como a tecnologia muda o comportamento dos professores
» Veja ferramentas básicas que todo o professor DEVE usar nas aulas

 

O primeiro deles é estabelecer desde o início que se trata de um debate sobre o tema, e não uma discussão pessoal. É essencial que isso esteja em mente para evitar comentários desrespeitosos e que fujam ao conteúdo.

 

É bastante interessante também que você dê o pontapé inicial: publique um conteúdo ou lance uma pergunta sobre o tema. Faça com que os alunos se sintam instigados a dizer o que pensam - afinal um debate depende disso.

 

Sempre que possível, traga pessoas que têm algo útil a falar sobre o assunto. Se a sala está debatendo sobre a história do Brasil, por exemplo, e você tem um colega que é especialista no tema, convide-o a participar e dar a sua opinião. Isso tornará a conversa mais rica e embasada.

 

Por fim, intervenha sempre que julgar necessário. É claro que você deve permitir que diferentes ideias sejam expostas, mas caso você leia algo que fuja à ética ou que realmente expresse informações erradas, coloque-se no meio e explique por que fez isso.

 

Seguindo essas dicas, criar uma discussão online entre alunos se tornará algo muito mais fácil e proveitoso.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.