Notícias

Desenvolva seus métodos de ensino através dos games

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Assim como as ferramentas online, os games têm integrado cada vez mais a rotina nas salas de aula. Se você ainda não está convencido das vantagens de utilizá-los como material de apoio ao lado dos livros didáticos e das apresentações de Power Point, saiba que eles estimulam o desenvolvimento de habilidades que serão necessárias aos estudantes no futuro, como análise crítica de situações.

 

 

 

 

 

 

 

Leia também:
» Professor: previna-se e evite que as tecnologias se tornem uma distração na aula
» Professor: entenda os impactos negativos dos sites de busca na educação
» Professor: conheça 20 táticas que podem melhorar o seu trabalho

 

Outra vantagem que a gameficação oferece é mais do que apenas engajar – e empolgar – os estudantes nas tarefas da escola, afinal ele também estimula a participação da classe. Em outras palavras, incluir jogos na sua disciplina reflete tanto no comportamento dos alunos quanto no processo de aprendizado deles.

 

Mas, caso você ainda pense que este não é um método válido, confira abaixo algumas dicas que os games ensinam e que podem ser aplicados na sala de aula:

 

1 – Novas oportunidades

Do mesmo modo que ocorre nos video games, em que os jogadores podem ter outras chances para realizar uma mesma tarefa depois de falhar, os alunos deveriam ter uma segunda ou terceira oportunidade para realizar atividades da escola para que assim eles possam aprender com seus erros. Se os estudantes tiverem um bom desempenho na primeira tentativa, eles podem optar por tentar elevar sua nota ou apenas começar outro projeto que também estimule seu desenvolvimento intelectual.

 

2 – Análise do desempenho

Os jogos, geralmente, mostram uma análise do desempenho dos jogadores assim que a tarefa é completada, ressaltando os pontos altos e baixos obtidos durante a partida. Embora você, como professor, não tenha tempo para dar feedbacks individuais assim que eles entregam avaliações e trabalhos, é importante que eles recebam este tipo de crítica para identificar quais áreas devem melhorar. Então, se você não conseguir em determinada ocasião conversar com os alunos, por que não organizar uma dinâmica de grupo na qual os próprios estudantes dão conselhos uns aos outros?

 

3 – Várias opções

Nos games, é comum encontrar mais de um caminho para continuar a partida e, dependendo da sua escolha, seu desempenho será diferente. Esta, por incrível que pareça, é uma dinâmica que pode ser aplicada na sala de aula. Você pode estabelecer algumas opções de avaliação para seus alunos, como fazer apresentação oral, escrever uma redação ou criar jogos de tabuleiro que tratem do tema. Fica a critério dos alunos escolher qual é o método que eles se sentem mais confortáveis para demonstrar seu conhecimento. Além disso, este método deixa-os livres para expressar – e desenvolver – sua criatividade.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.