Notícias

Homens superestimam suas habilidades matemáticas, diz estudo

      
Fonte: Shutterstock

Segundo pesquisa da Universidade de Washington, homens tendem a superestimar suas habilidades matemáticas, enquanto as mulheres são mais precisas em seus resultados. Tal fato pode explicar a disparidade de gêneros em áreas relacionadas à ciência e tecnologia: embora o número de mulheres trabalhando com exatas vem crescendo nos últimos anos, ainda há muito mais homens em profissões que envolvem matemática.

 

Veja também:
» Mulheres no Trabalho: 72% dos homens têm mais chances de crescer no mercado, aponta pesquisa
» Enem 2015 entenda o que significa estudar Matemática e suas Tecnologias
» Todas as notícias de Educação

 

Métodos

 

O estudo feito nos Estados Unidos foi dividido em duas partes. Na primeira, 122 pessoas foram convidas a realizar provas de matemática e estimar sua porcentagem de acertos. Após isso, os eles receberam devolutiva do teste e realizaram um segundo questionário matemático. Novamente, os candidatos analisaram seu desempenho.

 

Na segunda parte do estudo, 184 pessoas também realizaram provas de matemática e estimaram seus resultados. Além disso, os participantes foram questionados se tinham interesse em seguir carreira profissional da área de exatas.

 

Resultado

 

Nas duas etapas, homens superestimaram suas performances e, por acreditarem que têm grandes habilidades matemáticas, demonstraram maior interesse em carreiras relacionadas à ciência e tecnologia. Algumas mulheres, que já tiveram experiências anteriores positivas na área, também julgaram ter ido um trabalho melhor do que realmente foram. Segundo o autor do estudo, talvez “mulheres subestimam suas habilidades, mais do que homens as superestimam”.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.