• Quem é você?

Notícias

Ensinar é simples: como explorar a curiosidade dos alunos

      
Fonte: Shutterstock

Alunos curiosos fazem mais perguntas e desenvolvem uma atitude mais proativa na busca por respostas. Despertar a curiosidade em sala pode aumentar a receptividade da turma e tornar o aprendizado mais fácil, mas como fazer isso?

Veja também:
» Siga a coluna Ensinar é Simples


A Eruga, especializada em sistemas educacionais, elencou cinco dicas para facilitar essa importante tarefa no dia a dia do professor. Confira:


1 - Mostre o que há de incrível no cotidiano

O pedagogo e escritor Rubem Alves falava que é possível instigar estudantes mostrando o quão incrível são as coisas que nos rodeiam. Uma maneira de fazer isso, dizia, é levar para a sala de aula a casca de um caramujo e mostrar que ela é um excelente exemplo de engenharia. Para o autor, o encantamento com o objeto é o primeiro passo para despertar a curiosidade.


2 - Inove o jeito de começar a aula

Que tal começar a aula com um videoclipe musical ou um vídeo que tem feito sucesso na internet? Alinhar a temática escolar com conteúdos mais livres é um bom jeito de despertar o interesse. E por que não pedir aos alunos que listem outros vídeos interessantes ou ainda que façam uma lista dos 10 filmes ou músicas que de alguma forma estão relacionados ao assunto e que poderão ser discutidos em sala?


3 - Dê espaço para o humor

Apresente tirinhas ou ilustrações com balões vazios ou imagens sem legenda e peça para a turma criar as falas ou informações que poderiam preencher o conteúdo. A atividade é mais interessante se for realizada em dupla ou em grupos, pois estimula a criatividade e o debate de ideias.


4 - Traga para a aula a dinâmica dos jogos

A gamificação é uma forte tendência educacional que adota técnicas de jogos para estimular o aprendizado. Na prática, trata-se de inserir elementos de competição, cooperação e resolução de problemas para que os estudantes se sintam motivados a passar de fase e ganhar prêmios ou algum tipo de reconhecimento. É útil para o aprendizado e para a motivação. Para ser eficaz, o professor deve adequar a prática à idade escolar da turma. É possível estimular a competição por meio da formação de equipes, o que tornará a aula não só mais interessante como também mais interativa.


5 - Dê feedback positivo

A curiosidade do aluno deve sempre ser reforçada com atitudes positivas. Essa ação ajuda a manter o interesse do indivíduo por seguir na busca pelo conhecimento e valoriza o processo de criação de ideias. Lembre-se de parabenizar cada aluno sempre que forem alcançados os objetivos propostos.


Deixe sua contribuição nos comentários logo abaixo


Sobre a Eruga:

A Eruga é uma startup curitibana que desenvolve sistemas educacionais com o uso de realidade aumentada. Seu objetivo é facilitar o aprendizado de temas complexos e tornar o ensino mais simples.

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.