Notícias

Redação Enem 2016: como escrever a conclusão; baixe apostila grátis

      
Fonte: Shutterstock
Nos dias 5 e 6 de novembro, alunos de todas as regiões do País farão as provas de um dos principais processos seletivos para o ensino superior brasileiro: o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Além de vagas em universidades públicas, o Enem abre portas para bolsas de estudo e financiamentos em instituições particulares, graduação no exterior e também a retirada do certificado de conclusão do ensino médio.

E-BOOK GRÁTIS: ERROS REDAÇÃO ENEM


Baixe ebook grátis com os principais erros na redação do Enem

FAÇA O DOWNLOAD AQUI

Além das questões objetivas, no segundo dia de provas, os candidatos precisam produzir uma redação seguindo os preceitos da dissertação argumentativa. A redação do Enem é parte importante da avaliação, já que elimina os alunos que recebem nota zero da banca corretora, impossibilitando a participação em qualquer um dos programas de acesso ao ensino superior.

Pensando nisso, a Universia Brasil entrevistou a coordenadora de redação do Curso Poliedro Grabriela de Araújo Carvalho, que listou os pontos que não podem ficar de fora do seu texto e também sugeriu algumas práticas bem vistas pelos corretores para iniciar, desenvolver e finalizar a redação. A seguir, veja o que a professora falou sobre a conclusão da dissertação e a proposta de intervenção:

Conclusão

Gabriela explica que a conclusão começa a ser construída desde o início do texto, principalmente durante o desenvolvimento, com a apresentação da argumentação. “É preciso que o aluno deixe claro que aquela questão apresentada no tema é de fato um problema e que precisa de uma solução”, comenta.

Segundo ela, uma boa estratégia de convencimento é utilizar a Declaração Universal dos Direitos Humanos, para provar que o problema fere, de alguma maneira, a dignidade humana. Com isso, o gancho para a proposta de intervenção fica mais fácil de ser feita. “Se o leitor já estiver convencido de que aquilo precisa mesmo de uma solução, não será preciso retomar nenhum argumento, apenas apresentar a proposta de intervenção”.

A professora explica que existe uma fórmula para o candidato fazer uma boa conclusão e não se perder no final do texto. Segundo Gabriela, o trecho final precisa apresentar os seguintes elementos:

QUEM (agente), vai fazer O QUÊ, DE QUE MANEIRA e POR QUÊ

Com essa “equação” é possível desenvolver uma boa proposta de intervenção, que contemple todos os pontos desejados pela banca avaliadora.

Observações

Gabriela aconselha que os candidatos citem pelo menos dois agentes do problema durante o desenvolvimento, que serão retomados na conclusão. “ No ano passado, algumas bancas aceitaram apenas um agente. Outras já pediram dois. Por isso, é melhor sempre ir com dois para ter mais segurança”, explica.

Elementos importantes e que não podem faltar na redação do Enem, os conectivos devem ser bastante explorados pelos alunos, não somente no desenvolvimento, mas também na conclusão.


A seguir, confira o infográfico com a fórmula para a conclusão da redação do Enem:




Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.