Notícias

Como ser maduro influencia no equilíbrio emocional no ambiente de trabalho

      
Como ser maduro influencia no equilíbrio emocional no ambiente de trabalho
Como ser maduro influencia no equilíbrio emocional no ambiente de trabalho  |  Fonte: Shutterstock

Manter o equilíbrio emocional é requisito básico para que o profissional reconheça seus pontos fortes e fracos e tenha uma boa convivência com os demais funcionários da sua empresa. Agir com maturidade estimula a conquista desse equilíbrio e favorece a construção de relações saudáveis no ambiente de trabalho.

Confira algumas situações abaixo que definem a diferença entre uma postura madura e equilibrada e uma postura imatura e que gera desiquilíbrio na equipe. Provavelmente você vai vivenciar alguma delas um dia. Veja a melhor forma de agir:

1. Durante a apresentação de uma proposta, um membro da reunião faz um comentário sobre o conteúdo que não agrada muito o apresentador. O que pode acontecer?

O apresentador, se costuma agir de forma madura, vai procurar conversar com o outro funcionário e entender seus pontos, procurando justificá-los de maneira simples e concreta.

O apresentador, se não possui maturidade, terá seu equilíbrio emocional comprometido e tentará iniciar uma discussão com o outro funcionário, só porque suas falas não podem ser contrariadas.

2. Uma nova demanda precisa ser entregue com urgência, porém nem todos os membros da equipe estão satisfeitos com essa situação. Como diferenciá-los?

Um funcionário maduro procura estar sempre grato às oportunidades que recebe em seu trabalho.

Um funcionário imaturo sempre vai reclamar das situações corriqueiras, atrapalhando o ambiente e o desenvolvimento da demanda.

3. Um membro de uma equipe selecionou os dados errados para uma apresentação, prejudicando o apresentador no dia da reunião. O que pode acontecer?

Mesmo com o inconveniente na reunião, o funcionário perdoa o erro do colega de trabalho, afinal, é comum esse tipo de confusão e não vale a pena criar conflitos dentro da equipe.

O funcionário não perdoa o erro do colega de trabalho, já que não considera comum errar e não aceita que tenha sido julgado pela confusão de outra pessoa, mantendo conflitos dentro da equipe.

4. Anos atrás, um problema em uma das demandas de uma área gerou conflitos entre alguns membros. O que pode acontecer?

O que importa é o bem-estar da equipe para gerar bons resultados. Um funcionário maduro vive o presente e sabe deixar para trás possíveis acontecimentos do passado.

Um funcionário imaturo sempre vai trazer à tona a situação, por não conseguir deixá-la para trás. Isso também o deixa preocupado com novas demandas da equipe, atrapalhando sua performance.

5. No dia do feedback com o gestor, nem todos os membros de uma equipe gostaram do que ouviram. Como diferenciá-los?

Um funcionário que sabe ouvir e compreende que seu gestor está dando um feedback porque acredita em seu potencial e desenvolvimento profissional possui maturidade.

Um funcionário que não aceita o feedback de seu gestor e contrapõe todos os pontos expostos por ele não adquiriu a maturidade esperada para seu cargo.

6. Uma demanda exigiu que diferentes áreas de uma empresa tivessem que trabalhar em equipe, mas algumas pessoas não conseguiram contribuir nesse formato. Como diferenciá-los?

Maturidade também é sinônimo de saber trabalhar em conjunto, aceitando as particularidades de cada área e membro. Um funcionário que compreende que cada pessoa trabalha de uma forma, e sabe lidar bem com essas diferenças, consegue manter o equilíbrio de toda uma equipe.

Imaturidade é esperar que todos os membros de uma equipe pensem, agem e trabalhem da mesma forma. Um funcionário que não aceita as diferenças provoca o desiquilíbrio da equipe e o atraso na entrega de bons resultados.

Veja mais sobre emprego, carreira e dicas sobre o tema.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.