Notícias

9 erros que você deve evitar em suas conversas

      
9 erros que você deve evitar em suas conversas
9 erros que você deve evitar em suas conversas  |  Fonte: Shutterstock

Habilidades sociais podem ser aprimoradas, mas isso exige muita prática e erros ao longo do caminho. A seguir está uma lista dos erros mais comuns de quem está aprendendo a conversar melhor. Se você está cometendo eles: parabéns! Significa que está saindo da sua zona de conforto e aprimorando suas habilidades. Confira:

1. NÃO OUVIR

Como disse Ernest Hemingway: “Eu gosto de ouvir. Eu aprendi muito ouvindo cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca ouve”. Não seja como a maioria das pessoas. Não só espere a sua vez de falar. Coloque o seu ego na espera e realmente ouça o que as pessoas estão dizendo.

Quando você começa a ouvir de verdade vai perceber vários novos rumos para a conversa, e vai ser capaz de contribuir com perguntas. Mas evite perguntas de sim ou não, já que elas não dão muita informação. Se alguém mencionar que pesca, por exemplo, você pode perguntar onde elas vão, o que elas fazem além de pescar, quando elas começaram. Assim a conversa continua, e a pessoa se sente valorizada.

2. PERGUNTAR COISAS DEMAIS

Se você perguntar demais, a conversa pode parecer um interrogatório. Uma alternativa é misturar as perguntas à comentários. Continuando a conversa acima você pode falar coisas como: “É ótimo sair com os amigos e relaxar no fim de semana. Nós gostamos de ir ao parque e brincar com o cachorro”. Ou: “Legal, nós saímos com o barco de um amigo mês passado e usamos iscas novas. As azuis eram ótimas”. A conversa continua a partir disso, e você cria novos caminhos para ela. Agora além de pesca, dá para falar sobre parques, cachorros e atividades de fim de semana, por exemplo.

3. TRAVAR

Quando você está conversando com alguém que acabou de conhecer e os tópicos normais já foram esgotados, é normal que surja um silencio estranho. Ou que você fique nervoso sem saber o porquê.

Uma forma de combater isso é ler o jornal antes de sair de casa. Tenha sempre à mão alguma coisa atual para falar, seja isso a mais nova extinção de uma espécie ou as reviravoltas de uma série popular. Caso essa oportunidade já tenha sido esgotada, use os seus arredores. A música, uma roupa diferente de alguém ao seu redor, a arquitetura do local, lembre-se que mesmo se vocês não têm nada em comum, vocês ainda estão no mesmo lugar.

4. NÃO SABER FALAR O QUE QUER

Como você diz algo é mais importante do que o que você diz. Então cuide da sua linguagem corporal e da sua voz. Fale devagar e claramente, não resmungue, lembre-se de colocar emoção na sua voz e faça pausas frequentemente. Deixe a sua linguagem corporal apropriada à situação, e se possível inclua um sorriso enquanto olha a pessoa nos olhos.

5. ROUBAR O HOLOFOTE

Todo mundo numa conversa deve ter a chance de ser o foco da discussão. Não interrompa alguém que está expondo seu ponto de vista. Ache um equilíbrio entre falar e ouvir.

6. TER QUE ESTAR CERTO

Evite discutir e alimentar a necessidade de estar certo o tempo todo. Às vezes uma conversa não é uma discussão, é um jeito de manter o clima leve. Ninguém vai ficar impressionado se você “vencer” todas as discussões. Relaxe e deixe as pessoas curtirem a presença umas das outras.

7. SER ENTEDIANTE

Sempre esteja pronto para parar de falar sobre algo se essa coisa não interessa aqueles ao seu redor. Foque nas coisas positivas da sua vida e permita que outras pessoas contribuam para a conversa. Como disse Dale Carnegie: “você faz mais amigos em dois meses se interessando nas outras pessoas que em dois anos tentando fazer com que elas se interessem por você. O que serve para dizer que o jeito de fazer amizade é sendo uma pessoa amiga”.

8. NÃO RECIPROCAR

Seja aberto e fale o que você acha, como você se sente. Se alguém compartilha uma experiência, conte uma história sua também. Não se atenha a ficar lá acenando a cabeça e dando respostas curtas. Se alguém está investindo na conversa, eles querem que você invista também.

9. NÃO CONTRIBUIR

Você pode sentir que não tem muito a contribuir para uma conversa, mas tente de qualquer forma. Realmente ouça e esteja interessado no que é dito. Faça perguntas, comente no que está sendo contado. Abra seus olhos também para o mundo ao seu redor para fazer a conversa fluir.

Procurando mais dicas para facilitar o seu dia? Veja mais


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.