Notícias

Por que estudar Engenharia de Alimentos

      
Por que estudar Engenharia de Alimentos
Por que estudar Engenharia de Alimentos  |  Fonte: Universia Brasil

Fique por dentro da sua futura carreira

Visite aqui o Universia Profissões

A Engenharia é um campo abrangente e bastante presente em nosso cotidiano. A rotina profissional de quem atua nesse campo consiste na elaboração, execução e manutenção de projetos. Quem trabalha nessa área profissional pode atuar no setor agrícola, em empresas e no setor público, atuando na construção de obras de infraestrutura como pontes, rodovias, ferrovias, aeroportos.

Se você sempre teve afinidade com números e sabe que a Engenharia é a opção de curso ideal para seguir na universidade, agora é a hora de segui para qual segmento da área seguir. Para ajudar nessa tarefa, veja a seguir as informações mais importantes sobre o curso de Engenharia de Alimentos:

O QUE FAZ O ENGENHEIRO DE ALIMENTOS

O profissional é o responsável pela fabricação, monitoramento, transporte e conservação dos alimentos de origem industrial, atuando na criação e na aplicação de fórmulas para obter o seu valor nutricional. Esse engenheiro pode trabalhar tanto dentro da indústria alimentícia e agrícola quanto nas indústrias fornecedoras de produtos como embalagens, por exemplo.

Por causa da mudança de hábitos alimentícios das pessoas com o passar do tempo, os engenheiros alimentícios ganharam grande destaque no mercado de trabalho. A vida acelerada da sociedade faz com que o consumo de produtos industrializados aumente e, consequentemente, o trabalho do profissional torna-se mais necessário.

Há oportunidades de empregos dentro dos setores de vigilância sanitária também, já que esses são os profissionais que melhor entendem sobre o processamento dos produtos alimentares e suas condições de armazenamento e produção.

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS

O curso de graduação tem duração aproximada de 5 anos. Durante esse período, o estudante terá aulas básicas do curso de Engenharia, como Matemática, Física e Química, além de algumas outras também generalistas. Além disso, existem muitas disciplinas específicas da área alimentar, como Técnicas de Manipulação e Fabricação de Alimentos, Toxicologia, Armazenamento e Conservação dos Alimentos etc.

Há muitas aulas práticas durante a graduação para que o estudante comece a entender a lógica do mercado de trabalho e quais funções pode exercer no dia a dia. Além disso, o estágio também tem essa função, fazendo com que o aluno aprenda ainda mais na prática de um local real. Ou seja, dentro do estágio, aprenderá de fato quais os maiores problemas da área e como solucionar parte deles, principalmente com base no que foi visto em sala de aula.

Conheça a série Por que Estudar sobre as principais profissões


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.