Notícias

Como lidar com o nervosismo em uma entrevista de emprego

      
Notícias Seu Emprego, Universia Brasil

SEU EMPREGO

Recrutadores convidados pela Universia Brasil falam sobre como conseguir um emprego, mercado de trabalho e desenvolvimento profissional. Acompanhe a série

Cadastre seu CV grátis na Universia Emprego

Cadastre grátis aqui

Participar de um processo seletivo gera grandes expectativas em um profissional – ainda mais quando consegue chegar às fases finais da vaga que tanto deseja. O problema dessa expectativa é que ela pode virar nervosismo – e sentir-se nervoso durante uma entrevista presencial pode prejudicar o candidato.

Siga a série Seu Emprego

Não existe profissional que não fique nervoso antes de uma entrevista – a experiência é desafiadora e cobra o melhor dos participantes. No entanto, quando aprende a controlar o sintoma, o candidato não consegue nem transparecer ao recrutador que estava se sentindo aflito minutos antes de iniciar a conversa.

Vamos ensinar como lidar com o nervosismo em uma entrevista de emprego. Leia as principais recomendações e aprenda a evitar que o sintoma atrapalhe seu desempenho durante o encontro:

PLANEJE-SE PARA O DIA

Entrevistas são agendadas. Portanto, o candidato tem tempo de planejar-se para o dia em que irá ao encontro. É preciso decidir como irá se locomover até o local e qual horário deve sair de casa para chegar com antecedência. Além disso, um dia antes, é necessário fazer atividades relaxantes, dormir bem a noite e iniciar uma alimentação com comidas leves – o corpo lidará com a pressão, por isso deve estar bem.

CHEGUE COM ANTECEDÊNCIA

Chegar em cima da hora gera ainda mais nervosismo no candidato. Ser pontual não significa chegar com mais de uma hora de antecedência – 15 a 20 minutos é o tempo ideal para evitar imprevistos antes da entrevista. Para não lidar com eventuais empecilhos, o candidato deve saber o local correto do encontro e quem procurar no dia.

PREPARE-SE PARA A ENTREVISTA

Separar um tempo para preparar-se para a entrevista ajuda a deixar o profissional mais calmo. Estudar a empresa, os requisitos da vaga, relembrar as habilidades, falar sobre as competências e experiências, treinar com perguntas padrão. Prevenir-se é fundamental, pois, caso o candidato sinta-se nervoso, já tem em mente assuntos que havia treinado anteriormente, dificilmente esquecendo o que responder. Caso tenha dificuldades em lembrar-se de todas as realizações, minha dica é: faça uma linha do tempo. Dessa forma, será mais fácil de memorizar.

CONTROLE A ANSIEDADE

A ansiedade é a grande inimiga dos candidatos. O profissional deve aproveitar os minutos anteriores à entrevista para respirar fundo e manter a calma. Uma dica valiosa é procurar entender o que o deixa mais ansioso e tentar resolver diretamente aquele problema. Ao controlar a ansiedade, passará a sentir-se mais confiante.

Ao longo da entrevista, é necessário concentrar-se no que o recrutador está perguntando, não em problemas externos e, antes de responder, respirar profundamente enquanto pensa na melhor resposta.

PENSE POSITIVO

Encarar o desafio de forma positiva faz toda a diferença. Levar a entrevista como julgamento ou pressão não é o melhor caminho. O candidato deve lembrar de ocasiões em que obteve sucesso no passado e concentrar-se em seus pontos fortes para aquela posição – além de ter em mente de que ninguém é perfeito.

O profissional também pode utilizar a técnica de visualizar-se indo bem na conversa e conquistando a vaga desejada. Imaginar-se em um cenário positivo e treinar para isso dá, ao candidato, a confiança necessária para responder as perguntas de forma assertiva.

Fale com os Recrutadores

Tem dúvidas sobre como conseguir um emprego? Conecte-se ao Facebook e envie sua pergunta no final da página. Nossos especialistas responderão.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.