Notícias

Os 4 pilares do aprendizado com sala de aula invertida

      
Os 4 pilares do aprendizado com sala de aula invertida
Os 4 pilares do aprendizado com sala de aula invertida  |  Fonte: Shutterstock

1ª FLIPCON Brasil

Tudo sobre o tema aqui

A sala de aula invertida é muitas vezes descrita com a ideia simplista de que é “trabalho de escola em casa, e trabalho de casa na escola”. Mas esse método de ensino é mais do que isso, e busca dar a liberdade para professores implantarem novas metodologias.

Uma sala de aula que promove um aprendizado invertido de verdade inclui os seguintes 4 pilares:

1. AMBIENTE FLEXÍVEL
O aprendizado flexível permite uma grande variedade de modelos de ensino. Educadores que aderem ao modelo podem rearranjar os espaços para acomodar melhor a sua classe, e ser mais adequado para grupos de estudo ou leituras individuais. Além disso, educadores que invertem suas classes devem ser mais flexíveis quanto às expectativas e prazos colocados para os estudantes.

2. CULTURA DO APRENDIZADO
No modelo tradicional, centrado no professor, o educador é a única fonte de informação. A educação invertida muda isso completamente e coloca o aprendiz e o aprendizado como centros da aula. Como resultado, os estudantes se envolvem ativamente na construção do conhecimento. Eles são capazes de avaliar o seu desempenho de forma mais pessoal e útil do que provas, por exemplo.

3. CONTEÚDO INTENCIONAL
Educadores do modelo de educação invertida se preocupam continuamente sobre como eles podem ajudar estudantes a desenvolver o entendimento de conceitos, assim como a sua capacidade de atuar com eles em mente. Ou seja: o conteúdo não deve ser só algo nos livros, mas algo que o estudante seja capaz de aplicar na sua vida de alguma forma.

4. EDUCADORES PROFISSIONAIS
O papel do professor se torna ainda mais importante nesse modelo. Durante o tempo da aula, eles continuamente observam seus estudantes, lhes dando feedback relevante e olhando seu trabalho. Educadores profissionais devem ser capazes de obter mais conhecimento a partir dos seus colegas, refletir sobre as suas técnicas e aceitar críticas construtivas.

FLIPCON Brasil

O GEN Educação , em parceria com a Universia, traz ao Brasil a primeira edição do FLIPCON Brasil. Trata-se de um congresso mundial sobre flipped learning (sala de aula invertida) que acontecerá no dia 31 de agosto em São Paulo com a participação do educador norte-americano Jonathan Bergmann, pioneiro da Flipped Classroom, da diretora do GEN Educação, Profa. Dra. Andrea Ramal, e do Doutor em Ciências do IME, Gabriel Elmor Filho.

A 1ª FLIPCON Brasil será realizada com um grande diferencial: inscrições gratuitas, em evento destinado a um público muito especial: líderes e gestores do ensino superior brasileiro. As inscrições já estão abertas!



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.