Notícias

8 formas de zerar a redação do Enem

      
8 formas de zerar a redação do Enem
8 formas de zerar a redação do Enem  |  Fonte: Universia Brasil

ENEM: SIMULADO + PLANO DE ESTUDOS GRÁTIS!

CADASTRE-SE!

Tirar zero na redação do Enem significa não poder usar a sua nota para nenhuma finalidade. Mesmo se o candidato tiver gabaritado o resto da prova, um zero na redação o obriga a tentar de novo no ano que vem. No Enem 2016, 84.236 candidatos ficaram com nota zero na redação. Para ajudar você a escapar desse número, a Universia Brasil explica como você pode evitar os 8 erros que levam você a ficar com zero na redação do Enem. Veja:

1. Fuga total ao tema

A redação do Enem vem com uma proposta de tema clara, e se você escapar dela a nota recebida é zero. Por isso, vale a pena ler com muita atenção o texto de apoio e se esforçar para se manter dentro do tema.

2. Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa

Todo ano, a proposta do Enem é que você faça um texto dissertativo-argumentativo. Se você não tem muita certeza do que é isso, vale a pena conferir o nosso guia para textos dissertativo-argumentativos. A dica é se manter em conceitos abstratos e gerais, assim seu texto não corre o risco de virar uma narração ou descrição.

3. Extensão de até 7 linhas

Se o seu texto tiver menos do que 7 linhas no Enem, sua redação fica com zero na hora. Você não precisa preencher a folha de redação até a última linha para escrever um bom texto, mas pelo menos passe das 7 linhas iniciais. Vale lembrar que pecar pelo excesso também não é bom. Se o seu texto precisar de mais do que as linhas de uma folha, ele vai ficar inacabado. Mesmo que isso não vá zerar a sua redação, com certeza prejudica sua nota.

4. Cópia de texto motivador

Você pode usar os conceitos e dados apresentados nos textos de apoio, só não vale copiar. Também não tem problema citar, com os devidos créditos, uma informação dada nesses textos, as redações zeradas são as que reescrevem o texto na redação como se fossem seus.

5. Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação

Esse critério é bem autoexplicativo. Redações que contarem com efeitos cômicos inapropriados, como desenhos no meio do texto, palavrões ou qualquer outro grande desrespeito ao que se espera da redação vão receber nota zero.

6. Parte deliberadamente desconectada do tema proposto

Em 2013, em que o tema foi imigração no século 21, uma redação que contava com dois parágrafos explicando como fazer miojo recebeu 560 pontos. O corretor percebeu o que estava escrito, mas na época os únicos motivos para zerar uma redação eram o uso de palavras inapropriadas e violação dos direitos humanos. Nas provas seguintes, fugir propositalmente do tema proposto vai fazer a sua prova receber nota zero.

7. Desrespeito aos direitos humanos

Propostas violentas, que proponham vingança contra os malfeitores ou “justiça com as próprias mãos” vão zerar a sua redação. Veja alguns exemplos de propostas de intervenção a se evitar de acordo com a Cartilha do Participante do Enem:

• “ser massacrado na cadeia”;
• “deve sofrer os mesmos danos causados à vítima, não em todas as situações, mas em algumas ou até mesmo a pena de morte”;
• “fazer sofrer da mesma forma a pessoa que comete esse crime”;
• “deveria ser feita a mesma coisa com esses marginais”;
• “as mulheres fazerem justiça com as próprias mãos”;
• “merecem apodrecer na cadeia”;
• “muitos dizem [...] devem ser castrados, seria uma boa ideia”.

8. Folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho

Se você escrever o seu texto na folha de rascunho e não der tempo de passar à limpo, a redação recebe nota zero. Não fazer a redação significa que você não pode usar a sua nota do Enem.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.