Notícias

Exemplos de Redação Nota 10 no Enem: #3 Capitães da Areia

      
Exemplos de Redação Nota 10 no Enem: #3 Capitães da Areia
Exemplos de Redação Nota 10 no Enem: #3 Capitães da Areia  |  Fonte: Universia Brasil

Para se preparar para a redação do Enem 2017, estudar as redações do anos anteriores é fundamental. Em 2016, a intolerância religiosa fez os estudantes questionarem se no Brasil realmente há respeito pela diversidade. O texto a seguir estrutura isso de maneira direta, crítica e bem avaliada pelo exame.

A professora e coordenadora de Redação do Curso Poliedro, Gabriela de Araújo Carvalho e a professora Andressa Tiossi Rodrigues comentam parágrafo a parágrafo o texto.

Tema da redação:
Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

RedaçãoCorreção comentada
O Brasil, fruto de um passado histórico colonial, apresenta a religiosidade em sua população de forma heterogênea, comumente atrelada à origem étnico-social do indivíduo. O mito do “brasileiro cordial”, segundo o qual seríamos um povo extremamente tolerante, se apresenta também no pouco destaque dado à questão da intolerância religiosa como um fenômeno: não são apenas agressões em indivíduos, mas especificamente a grupos socioeconômicos mais vulneráveis. Tal como Jorge Amado ilustra em sua obra “Capitães da Areia”, a divisão ocorre tanto no nível espacial (entre Cidade Alta e Baixa) quanto à crença (é possível melhorar o paralelismo) (o cristianismo das elites e os cultos africanos dos mais humildes). O texto está dentro do tema proposto, tem tese e traz referências externas que apontam para a maturidade da análise. Essas questões são bastante valorizadas na Competência 2.
Dados que explicitam essa tendência, portanto, não surpreendem, já que somente comprovam a discriminação herdada de períodos anteriores. As religiões afro-brasileiras, vítimas dos anos de escravidão; o judaísmo, do antissemitismo histórico: essa persistência de preconceitos comprova a eficácia insuficiente das ações preventivas e punitivas tomadas até então. Se existe um canal à de denúncia de atos discriminatórios, em conjunto com leis rigorosas, é necessário o foco nas ações preventivas. O acolhimento plano de todas as crianças, no entanto, é inviável, mas deve-se organizar mecanismos para evitar o maior número de conflitos. A predominância de uma religião, o surgimento de outra são fatos que devem ser previstos, de acordo com a autodeterminação individual a escolha da crença.Os dois parágrafos de desenvolvimento são muito bem construídos. Há argumentos e desenvolvimento das afirmações apresentadas. É importante também notar o uso dos exemplos e a qualidade deles quando associados ao raciocínio proposto.
Se, como em “Capitães da Areia”, a superioridade de uma religiosidade em relação as outras é explicitamente tida como verdadeira, o Estado e outros segmentos sociais devem intervir. Medidas preventivas como ensino religioso visando ao conhecimento da diversidade, desde o Ensino Infantil ao até o Fundamental I e atos Públicos como exposições, visitas a templos de religiões diversas são fundamentais à coexistência pacífica. O incremento das ferramentas de denúncia, como um maior rigor na lei em caso de reincidência, pode reduzir o número de infrações caso seja acompanhado por cursos e avaliações em relação ao respeito à diversidade.Na conclusão, percebe-se a tentativa de trabalhar a proposta de intervenção de fora completa, porém, a falta de planejamento acabou desorganizando um pouco a solução. Para garantir que a proposta ficará organizada, a sequência “agente-ação-detalhamento-relevância para o problema” pode ser seguida.

Confira o nosso banco de redações do Enem e seja também nota 10 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.