Notícias

Trabalho remoto: por que ele se tornou uma tendência no mercado?

      

A mais nova tendência profissional estimulada pela tecnologia é o trabalho remoto. Neste post, falaremos um pouco sobre ele, explicando porque ele tem crescido tanto nos últimos anos. Confira:

O que é o trabalho remoto?

Como o nome já indica, trabalho remoto é aquele exercido à distância, sem a necessidade da presença física do funcionário na sede da empresa. A modalidade mais conhecida de trabalho remoto é a “home-office”, na qual o empregado cumpre suas funções trabalhando em casa. No entanto, o trabalho remoto pode ser realizado de qualquer lugar, seja em um escritório particular, em um ambiente de coworking ou até mesmo em um café ou em uma biblioteca.

Essa flexibilidade em relação ao local de trabalho surgiu por meio do desenvolvimento de uma série de aparatos tecnológicos, que substituem muito bem práticas essenciais à rotina de qualquer empresa, até então exercidas apenas presencialmente. Softwares como Skype e Hangouts tornaram possível a realização de reuniões à distância. Aplicativos como Google Docs permitiram o trabalho simultâneo a quatro, seis, oito, infinitas mãos. Tecnologias como a nuvem permitiram o compartilhamento rápido e preciso de arquivos essenciais.

Somadas, essas tecnologias tornaram a presença física dispensável em muitas ocasiões. E isso caiu como uma luva na época em que vivemos. Afinal, o trabalho remoto soluciona, ao menos parcialmente, uma série de problemas da vida moderna, como a falta de tempo e o tráfego intenso das grandes cidades. Além disso, ele também exerce um papel importante na criação de novas empresas que surgem com poucos recursos, como startups de tecnologia.

De acordo com uma pesquisa da Organização Internacional do Trabalho, a implementação do trabalho à distância chega a 40% em alguns países. No Brasil, a modalidade tem crescido muito, tendo inclusive sido debatida na nova reforma trabalhista.

Por que o trabalho remoto se tornou uma tendência no mercado?

Como comentamos anteriormente, o trabalho remoto é uma alternativa muito atrativa na época em que vivemos. Isso se dá por uma série de motivos.

As empresas economizam

Você já parou para pensar no volume de gastos que uma empresa tem apenas para manter uma sede? Aluguel, conta de energia e de água, compra de equipamentos e mobiliário, conta de internet, contratação de funcionários de limpeza… pode parecer pouca coisa, mas, quando colocadas no papel, esses pagamentos acabam comprometendo uma parte importante do orçamento, que poderia ser destinado a outros setores.

Ao optar pelo home office, as empresas poupam boa parte desse dinheiro.  Além disso, essa modalidade torna dispensável o pagamento de alguns benefícios, como vale-transporte, vale-alimentação e vale-refeição.

Os profissionais demandam um trabalho mais flexível

Quem sai ganhando com o trabalho remoto, no entanto, não é só a empresa. Essa modalidade também é uma resposta à demanda de muitos profissionais, principalmente mais jovens, que almejam um trabalho mais flexível.

O trabalho remoto possibilita o fim dos horários rígidos e fixos, que engessam a rotina dos funcionários, afetam a produtividade e colaboram significativamente para a “hora do rush” no trânsito. Além disso, ela permite que o empregado trabalhe na hora em que é mais produtivo e da forma mais confortável possível, já que formalidades como dress code são dispensáveis neste caso.

Além disso, o trabalho a distância tem outra grande vantagem em relação à flexibilidade: nele, os profissionais podem trabalhar no próprio ritmo e, muitas vezes, estabelecer as próprias metas.

O tempo de deslocamento diminui

De acordo com dados do IBOPE, o paulistano passa em média 2 horas e 58 minutos por dia no trânsito — o equivalente a um mês e meio por ano. Embora São Paulo seja particularmente conhecida pelos engarrafamentos, essa realidade não é distante do que acontece em outras capitais e grandes centros. Mesmo em cidades de pequeno e médio porte, profissionais tendem a gastar ao menos meia hora para chegar ao trabalho.

O trabalho remoto evita o problema. Sem a necessidade de deslocar-se, o funcionário ganha um tempo precioso em seu dia, que pode ser aproveitado para descanso, estudos ou hobbies. Coletivamente, o home office poderia ser até mesmo uma das soluções para o tráfego intenso das grandes cidades.

Surge a possibilidade de atuar em mais de um trabalho

Outro motivo que leva muitos profissionais a desejarem o trabalho remoto é a possibilidade de atuar em mais de uma empresa. Sem horas fixas e com maior produtividade, é possível trabalhar para diversos lugares, acumular trabalhos freelancers ou até mesmo encontrar tempo para investir em negócios e projetos pessoais.

O funcionário pode usar as próprias ferramentas

Pode parecer um detalhe, mas principalmente entre os profissionais de áreas como tecnologia e comunicação, a possibilidade de utilizar os próprios equipamentos e ferramentas faz toda a diferença. No trabalho remoto, isso é possível: o profissional pode usar seu próprio computador, com as configurações que ele julga necessárias, optando pelos softwares de sua preferência.

O trabalhador passa mais tempo com a família

As tradicionais jornadas de trabalho de 8 horas são as maiores inimigas do tempo livre: por isso, o sonho do trabalho remoto também tem se popularizado tanto. Ao trabalhar em casa — ou em algum lugar próximo a ela — o profissional tem muito mais tempo e contato com a própria família.

Aumenta a produtividade

Por último, o aumento de produtividade é um dos principais motivos que transformaram o trabalho remoto em uma tendência. Uma série de estudos trazem resultados positivos. De acordo com o instituto Gallup, por exemplo, funcionários que trabalham parcialmente em modalidade home office produzem por mais horas e apresentam maiores índices de engajamento no serviço.

Como me capacitar para exercer o trabalho remoto?

Se o trabalho remoto é uma tendência que não para de crescer, é interessante que você esteja apto a realizá-lo, não é mesmo?

Para isso, o primeiro passo é se informar bastante sobre o assunto. Procure estudos, blog posts e depoimentos de trabalhadores inseridos nessa modalidade. Conheça os lados positivos e negativos, as vantagens e os cuidados que devem ser tomados ao assumir um cargo remoto.

Outro ponto importante da capacitação é aprender (muito!) sobre tecnologia. Afinal, ela é a peça fundamental do trabalho a distância. Sem o domínio completo de ferramentas como o Skype e o Google Drive, você dificilmente será capaz de desempenhar sua função com qualidade.

O trabalho remoto está em franca expansão no Brasil e no mundo. Ele oferece uma série de vantagens, como a economia nas despesas das empresas, a flexibilidade para os funcionários e o aumento de produtividade. Ler bastante sobre o assunto e aprender muito sobre tecnologia são os caminhos para acompanhar de perto essa tendência.

Gostou deste post? Então curta nossa página no Facebook e tenha acesso a outros conteúdos incríveis!



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.