• Quem é você?

Notícias

Quais fórmulas de física caem no vestibular? Veja as 15 principais!

      
fórmulas de física
fórmulas de física

O estudo das fórmulas de física é fundamental para um bom desempenho no vestibular. Contudo, tão importante quanto conhecê-las é compreender os conceitos dos quais elas se originam.

Embora tudo pareça decoreba, um mergulho mais fundo na análise dos fenômenos físicos nos revela que entender as causas e efeitos envolvidos facilita o domínio sobre a matéria.

O importante é que você faça muitos exercícios, leia os enunciados e avalie os dados com muita atenção. Para facilitar, acompanhe 15 fórmulas que caem no vestibular e intensifique sua preparação com base nelas!

1. Velocidade média

No aprendizado da cinemática, normalmente a primeira das fórmulas de física com a qual temos contato é a que determina a velocidade média.

Vm = ?s/?t

Repare que os termos ?s e ?t se referem ao intervalo de espaço e tempo percorrido. Portanto, se, no enunciado, forem informados os valores iniciais e finais para essas grandezas, você deverá fazer o cálculo para chegar à velocidade média.

2. Distância

Não se pode entrar no estudo do movimento sem conhecer a equação que mede a distância percorrida, que é igual ao produto da velocidade (v) pelo tempo (t).

d = v . t

3. Segunda lei de Newton

Para fazer uma boa prova de Física, é imprescindível aplicar com propriedade as leis de Newton. Elas são usadas para conhecermos os elementos fundamentais em algumas equações.

Por isso, antes de resolver uma questão, verifique se não será necessário chegar ao valor da Força (F), que é o produto da massa (m) do corpo vezes a aceleração (a).

F = m . a

Já o cálculo da Força para corpos em queda livre precisa considerar a influência da gravidade. Portanto, na fórmula a ser aplicada, nesse caso, deve-se inserir não mais a aceleração, mas o valor da gravidade (g), que é de 10m/s².

F = m . g

4. Movimento Retilíneo Uniforme (MRU)

Nas aulas de Física, uma das primeiras lições aprendidas é que o movimento depende do referencial adotado, certo?

É para descobrir esse movimento referencial que a fórmula para chegar ao valor do Movimento Retilíneo Uniforme se aplica. Ela permite conhecer os seguintes elementos:

  • S = espaço final
  • So = espaço inicial
  • V = velocidade
  • t = tempo

Assim, a equação final é:

S = So + V . t

5. Função de Torricelli

Em algumas questões de MRU, pode ser que o tempo (t) não seja conhecido. Nesse caso, você poderá solucionar o desafio aplicando a Função de Torricelli, mais conhecida como equação, embora não represente uma igualdade. 

Em seu cálculo, você deverá utilizar a variação do espaço, que, como já vimos, é o resultado da diferença entre localização inicial e final.

vf² = v0² + 2 . a . ?s

No caso, os elementos utilizados são as velocidades final e inicial ao quadrado, representadas por vf² e v0². Portanto, vf² será a soma de duas vezes a aceleração, multiplicada pela variação de espaço, considerando o espaço inicial.

6. Calorimetria

Calorimetria é a parte da física que mede as trocas de temperatura entre os corpos. Sendo assim, ao aplicar a fórmula correspondente, você estará determinando o quanto de calor um corpo tem armazenado.

Q = m . c . ??

Repare que a massa (m) deverá ser multiplicada pelo calor específico (c) do corpo em questão, assim como a variação de temperatura (??). Neste último elemento, esteja atento para o dado informado, que diz respeito à variação da temperatura. Tal como no cálculo da velocidade média, você precisará saber os valores inicial e final.

7. Ondas

Em Física, é chamado de onda todo movimento cuja origem seja uma reverberação que se propaga em um meio. O conhecido exemplo da pedra atirada na superfície de um lago é o que melhor ilustra esse tipo de fenômeno.

A equação para conhecer a velocidade da onda (V), bem como seu comprimento (x) ou frequência (f), é simples:

V = x . f

8. Eletricidade

Os eventos relacionados à eletricidade também são estudados pela Física, que se ocupa, entre outros aspectos, de apontar valores para as grandezas envolvidas. Tudo gira em torno dos circuitos, que são os espaços por que circula a energia elétrica.

A equação principal tem como objetivo determinar a diferença de potencial elétrico (V), que é igual ao produto da resistência (R) e intensidade da corrente elétrica em questão (I).

V = R . I

9. Pressão

Objetos sólidos, líquidos e gases exercem, uns sobre os outros, pressões de variadas formas. São essas variações que a Física busca determinar, aplicando a fórmula em que podemos conhecer a pressão (P) aplicada sobre um determinado corpo.

P . v = n . R . T

No caso, V corresponde a volume, e não a velocidade, como poderia ser imaginado. Já os elementos n, R e T correspondem, respectivamente, a número de mols, constante dos gases perfeitos e temperatura.

10 e 11. Movimento Uniformemente Variado

10. Função horária da velocidade

v = v0 + a.t
  • v = velocidade
  • v0 = velocidade inicial
  • a = aceleração
  • t = tempo

11. Função horária da posição em função do tempo

s = s0 + v0.t + ½ . a.t²
  • s = posição
  • s0 = posição inicial
  • v0 = velocidade inicial
  • a = aceleração
  • t = tempo

12 e 13. Movimento vertical

12. Função horária da velocidade no movimento vertical

v = v0 +- g.t
  • v = velocidade
  • v0 = velocidade inicial
  • g = gravidade
  • t = tempo

13. Função horária da posição em função do tempo no movimento vertical

h = h0 + v0.t +- ½. g.t²
  • h = altura
  • h0 = altura inicial
  • v0 = velocidade inicial
  • g = gravidade
  • t = tempo

14 e 15. Movimento circular

14. Posição angular

f = S/r
  • f = ângulo descrito
  • S = arco de círculo descrito
  • r = raio do círculo

15. Deslocamento angular

?f = ?S/r
  • ?f = deslocamento angular
  • ?S = variação da posição no arco
  • r = raio do círculo

Estude as disciplinas com muita atenção, seguindo o roteiro proposto em sala de aula ou conforme as orientações do professor. Uma dica que pode ajudar a melhorar sua nota é intensificar os estudos nas matérias em que tiver mais dificuldade.

Faça exercícios, repetindo-os até que a lógica envolvida nos cálculos passe a ser natural para você. Como destacamos no começo, a assimilação dessa disciplina depende menos de decorar e mais de compreender a natureza dos fenômenos, embora ter as fórmulas de física na ponta da língua seja de grande utilidade!

Tem algum amigo ou amiga que também está em ritmo acelerado de estudos para o vestibular? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude-os a conseguir a aprovação!



    Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.