Notícias

Prova de química do Enem 2016 foi mais difícil para aluno de escola pública

      

Universia Enem: plataforma gratuita de estudos

Conheça aqui a plataforma

A prova de química do Enem 2016, aplicada neste sábado (5), foi bem elaborada na opinião do professor Ricardo Calçada, do curso Poliedro, de São Paulo. “O nível técnico exigido parecia o da Fuvest. Cobrou os parâmetros adequados ao conteúdo do Ensino Médio”, disse.

Leia também:
» Veja gabarito e correção primeiro dia Enem 2016
» Gabaritos de todos os cadernos primeiro dia Enem 2016
» Tudo sobre as provas do Enem 2016

Em contrapartida, o professor admitiu um grau de dificuldade maior para os alunos da rede pública de ensino: “Foi uma prova muito abrangente. Não tinha questão dada de graça. Precisava saber todos os conceitos para conseguir responder. Para o aluno da escola pública considero uma dificuldade absurda.”

No domingo (6), os candidatos farão as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. Ao final de cada dia de prova, a partir das 19h, os professores do Oficina do Estudante estarão em uma maratona de correção que será publicada em tempo real. Todos os resultados estarão no portal e nas páginas da Universia Brasil no Facebook e no Twitter. Quem quiser pode enviar suas próprias dúvidas via Twitter para o perfil @UniversiaBrasil e com a hashtag #UniversiaNoEnem.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.