Notícias

Mudanças no Enem: provas permanecerão “no papel” e serão feitas em dois domingos

      
Mudanças no Enem: provas permanecerão “no papel” e serão feitas em dois domingos
Mudanças no Enem: provas permanecerão “no papel” e serão feitas em dois domingos  |  Fonte: Universia Brasil
Saiba tudo sobre as mudanças no Enem e fique por dentro

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quarta-feira (9) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passará a acontecer em dois domingos e não mais em um único fim de semana. O Enem 2017 acontecerá nos dias 5 e 12 de novembro. O edital deve ser divulgado no dia 10 de abril e as inscrições acontecem entre 8 e 19 de maio.

A mudança foi revelada em coletiva de imprensa sobre os resultados da consulta pública realizada entre os dias 18 de janeiro e 17 de fevereiro. De acordo com o MEC, além da mudança no cronograma, outra novidade é a utilização de cadernos de questões personalizados com o nome e o número de inscrição dos alunos. Não será mais preciso que o aluno identifique a cor da prova recebida. Para quem necessitar de atendimento especializado, a solicitação de tempo adicional deverá ser feita no ato da inscrição e não mais na hora da prova.

Como já era sabido, o Enem deixa de ser um certificado de conclusão do Ensino Médio, o órgão responsável por isso passará a ser do O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). A autodeclaração também não será mais aceita como justificativa de falta para aqueles que adquiriram a gratuidade na prova.

A divulgação dos resultados do Enem por escola não será mais realizada e os cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal serão isentos da taxa de inscrição..

DISTRIBUIÇÃO DAS PROVAS

A prova do primeiro domingo, que terá a duração de 5 horas e meia, contará com a redação e provas de linguagem, código e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. As provas de matemática e ciências da natureza e suas tecnologias acontecerão no segundo domingo e terão 4 horas de duração.

CONSULTA PÚBLICA

Segundo o MEC, 64% das respostas da consulta pública quis que o Enem continuasse a ser realizado em dois dias e 42% optou que a aplicação acontecesse em dois domingos seguidos. Sobre a questão mais polêmica, a transformação do exame em prova online, 70% foi contra.

Leia também:
» Edital do Enem 2017 será divulgado em 10 de abril, diz Inep
» “Não podemos esquecer que nem todo mundo tem acesso à internet”, diz professor sobre Enem ser online



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.