Notícias

Aprendendo inglês sozinho: por onde começar

      
Aprendendo inglês sozinho: por onde começar
Aprendendo inglês sozinho: por onde começar  |  Fonte: Shutterstock
Cecília Melozi - Universia Brasil

Cecília Melozi

Fui professora de inglês. Agora, sou estudante de Jornalismo e faço estágio na Universia Brasil. Participo da série semanal Inglês 101. Inglês 101 significa o básico do inglês. O básico é saber aprender inglês da forma certa, sem sofrimento e com a menor quantidade de dificuldades possível. Por isso vou apontar a direção certa. Vamos começar?

Sem a estrutura de um curso de inglês, a perspectiva de começar a aprender sozinho pode ser assustadora. A sorte é que existem vários recursos de aprendizado disponíveis pela internet, onde você pode aprender o que é importante para você no seu ritmo e sem sofrimento. Se você estiver disposto a incluir essas ferramentas no seu cotidiano, fica fácil aprender.

A primeira coisa que você tem que saber é exatamente o que você precisa aprender. Existem três grandes áreas de conhecimento no aprendizado de qualquer idioma:

1. LEITURA
O aprendizado da leitura envolve entendimento de vocabulário, semântica e gramática. A boa notícia é que as duas línguas compartilham palavras semelhantes, e muito do que você sabe no português pode ser aproveitado no inglês. Mas cuidado: são assim que aparecem os falsos amigos.

2. ESCRITA
Escrever é diferente de ler em vários aspectos. Primeiro, o vocabulário que você entende é sempre maior do que aquele que você usa, em qualquer idioma. Segundo, não dá para embromar, você tem que saber o básico de gramática e semântica. A dica é começar sempre pela leitura, assim você consegue absorver as estruturas usadas na língua e aprende algumas palavras.

3. CONVERSAÇÃO
Ouvir, entender e responder é diferente de conversar através de texto. Ler uma palavra é diferente de ouvi-la da mesma forma que escrever é diferente de dizer. A pronúncia pode ser um desafio, mas não a trate como um obstáculo. O melhor jeito de não se confundir é perdendo a vergonha. Fale errado sem medo, se corrija e deixem corrigirem.

COMO APRENDER

A internet abre um mundo de possibilidades para quem quer aprender (algumas indicações de aplicativos e sites vão estar no fim da coluna), o problema mesmo é conseguir se comprometer.

ONDE APRENDER

Com isso fora do caminho, você pode focar nas áreas que precisa aprimorar. Abaixo estão alguns dos melhores recursos gratuitos disponíveis:

O Duolinguo funciona como um curso de idiomas, ele tem várias línguas, incluindo o inglês. Por ser gratuito, e online, ele também é superficial e com certeza não deve ser usado como uma fonte única. Mas se você sente que precisa começar do zero, ele pode ser muito útil. O aplicativo ensina um pouco de tudo: leitura, escrita e conversação.

O Musixmatch é um aplicativo de letras de músicas. Quando você instala ele no seu celular, ele exibe as letras de todas as músicas que você ouvir, não importa em qual aplicativo. Dá para ver a letra em inglês e conferir também a tradução em português.

Chats em inglês na internet são a melhor forma de avançar no aprendizado. Eles existem na forma de vídeo e texto, qualquer um dos tipos é ótimo para expor você ao uso real da língua. Pode ser qualquer site que você frequente, ou até o voice chat de jogos, desde que ele tenha um fórum cheio de gringos em algum lugar. Só troque o idioma e divirta-se! Existem também as opções especializadas para quem está aprendendo, como o Leonetwork, o Wespeke e o Toastmasters.

YouTube, Netflix, canais pagos de TV, DVDs, se existe a opção de idioma e legenda, dá para aprender inglês. O melhor é assistir em inglês com legenda em inglês, dá um medinho no começo, mas depois você acostuma. Assim você já conecta a pronúncia com a palavra. Se você achar que não está pronto, coloca as legendas em português mesmo.

Em português, se você quer ter mais vocabulário e escrever melhor, o que você faz? Lê. Em inglês é a mesma coisa. Você pode começar com livros infantis, conhecer Shakespeare na sua língua original, e até ouvir audiobooks também está valendo. Ou se você é daqueles que fica obcecado depois de ver uma série, um livro ou um filme, o Archive of Our Own tem mais de 2 milhões de histórias escritas por fãs disponíveis, tudo de graça. Isso sem falar nessas plataformas aqui.

E enquanto você navega por esses materiais, nunca subestime o poder do Google Tradutor. A não ser que você queira traduzir um texto inteiro, nesse caso ele não funciona tão bem. Mas para descobrir o significado de palavras e expressões, não existe recurso melhor. No aplicativo para celular existem ainda mais opções, incluindo dicionário off-line e tradução instantânea usando a câmera do celular.

Existem vários sites que conferem erros de gramática, conjugação e semântica. Eles são ótimos para checar a sua escrita, e existem várias opções gratuitas. Entre elas está o Grammarbase e o Reverso.

Unindo todos esses recursos, é possível ter um aprendizado completo da língua sem gastar dinheiro. Você só precisa encontrar uma forma de incluir alguns deles no seu cotidiano para avançar o seu entendimento da língua. O importante é continuar sempre com curiosidade e vontade de aprender.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.