Notícias

Novo Fies: programa ofertará 100 mil sem juros para alunos de baixa renda

      
Novo Fies: programa ofertará 100 mil sem juros para alunos de baixa renda
Novo Fies: programa ofertará 100 mil sem juros para alunos de baixa renda  |  Fonte: Universia Brasil

ENEM: SIMULADO + PLANO DE ESTUDOS GRÁTIS!

CADASTRE-SE!

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quinta-feira (6) as novas regras para o Financiamento Estudantil (Fies). Serão ofertadas 300 mil vagas no total, sendo 100 mil sem juros para alunos de baixa renda.

As mudanças valerão somente a partir de 2018 – o que não abrange, por sua vez, as 75 mil vagas que serão abertas no segundo semestre de 2017. O MEC determinou três modalidades do programa, que varia de acordo com a renda familiar do estudante.

Saiba tudo sobre o Fies e fique por dentro

O Ministro da Educação, Mendonça Filho, durante o anúncio das mudanças afirmou que acredita que as novas regras do Fies ajudarão a manter o financiamento de modo a viabilizar a manutenção das oportunidades. “Com a nova gestão, teremos recursos garantidos para novas vagas e orçamento para taxa bancária”, afirmou.

Com inadimplência de até 46% e um rombo de R$ 32 bilhões até 2016, o Fies, atualmente, concede bolsas a quem tem uma renda familiar mensal de até três salários mínimos, obteve nota acima de 450 pontos no Enem e não zerou na redação.

Veja os modelos a seguir:

MODELO 1

• Renda per capita familiar de até três salários mínimos e seguirá como um fundo garantido por meio da União.

• O estudante paga as prestações com parcelas de no máximo 10% da renda mensal.

• Juro zero.

• Segundo o MEC, a medida poupará R$ 300 milhões em gastos operacionais.

MODELO 2

• Renda per capita de até cinco salários mínimos.

• Juros de 3%.

• Serão oferecidas 150 mil vagas para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

• Fundo constitucional das regiões será a fonte dos recursos.

MODELO 3

• Renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.

• Serão ofertadas 60 mil vagas.

• A fonte de recursos será o BNDES e fundos regionais de desenvolvimento do Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

• Risco de crédito será dos bancos, diz o MEC. A previsão é de ofertar 60 mil vagas.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.