• Quem é você?

Notícias

As 8 principais características procuradas pelas grandes empresas

      
É muito importante que um bom profissional saiba agir quando solicitado pelo seu chefe
É muito importante que um bom profissional saiba agir quando solicitado pelo seu chefe
  • Empresas que são referência no mercado não contratam colaboradores sem planejar o processo seletivo em detalhes.
  • As corporações poderosas também buscam candidatos que tenham autonomia para solucionar problemas sem precisar recorrer aos mais experientes.
  • Listamos outras características desejadas pelas grandes organizações ao selecionar colaboradores.

Empresas que são referência no mercado não contratam colaboradores sem planejar o processo seletivo em detalhes. Portanto, ter um currículo “pesado” é o primeiro passo rumo à conquista da vaga.

As corporações poderosas também buscam candidatos que saibam lidar com situações difíceis, ou seja, que tenham autonomia para solucionar problemas sem precisar recorrer aos mais experientes.

Além da independência, listamos outras características desejadas pelas grandes organizações ao selecionar colaboradores. Quanto mais ajustado você estiver a elas, melhor! Confira abaixo quais são.

1) Trabalho em equipe

Esse é um dos principais requisitos para quem deseja ser contratado por uma grande corporação. Durante a entrevista, mostre ao recrutador que você seria capaz de lidar com opiniões diferentes da sua, deixando claro que sabe trabalhar em equipe.

Ter experiências que possam ser comprovadas também é útil, como é o caso do trabalho voluntário — sempre muito bem-visto pelas organizações. Pense nessa possibilidade! Além de ajudar a quem precisa, você vai incluir um diferencial e tanto em seu CV.

2) Proatividade

É muito importante que um bom profissional saiba agir quando solicitado pelo seu chefe ou pelos demais colegas de trabalho.

A proatividade se relaciona com a independência, da qual falamos logo no início. É uma capacidade que pode ser desenvolvida, mas que depende, em primeiro lugar, de iniciativa própria.

Considere que ser proativo é o inverso de ser reativo. Profissionais que só reagem são menos capazes de acrescentar às equipes das quais façam parte. Já os proativos, em regra, antecipam-se aos problemas antes que eles tomem proporções maiores.

3) Humildade

As grandes empresas buscam por funcionários que, mesmo sendo inteligentes e confiantes, estão dispostos a admitir as suas próprias falhas. Durante a entrevista, mostre que você tem essa qualidade.

A humildade, embora possa parecer, não equivale à subserviência, ou ao impopular “puxa-saquismo”. Ser humilde tem a ver com uma postura de aceitação tranquila das próprias falhas e estar disposto a receber ajuda para melhorar.

Tenha cuidado com as respostas dadas na entrevista. Profissionais de recrutamento de grandes empresas conseguem detectar de longe candidatos individualistas ou que não sabem dividir os méritos por suas conquistas profissionais.

4) Capacidade de aprender

Deixe claro ao recrutador a sua capacidade de aprender assuntos novos, mesmo que para isso você tenha que buscar conhecimento fora da sua área profissional. Isso mostra interesse e vontade de crescer, tanto pessoal quanto profissionalmente.

A multidisciplinaridade é uma das características profissionais mais valorizadas pelas empresas de grande porte. Como nessas organizações os desafios são diretamente proporcionais ao seu tamanho, ter pessoas que transitam com desenvoltura por várias competências é um tremendo diferencial.

5) Resiliência

Durante a entrevista, deixe claro que você sabe lidar com as situações difíceis, dando exemplos de ocasiões em que foi resiliente. Trata-se de uma qualidade bem-vista pelas principais empresas. Afinal, nem sempre a solução de um desafio será encontrada na primeira tentativa.

Ser resiliente significa agir de forma coerente às suas convicções e de acordo com o que sua experiência profissional diz. Ou seja, quando tudo apontar para uma direção oposta, você será capaz de continuar no percurso até que os resultados sejam alcançados.

Repare que essa característica pode ser confundida com a teimosia. No entanto, a principal diferença entre ambas é que a resiliência se baseia em valores e conhecimento, enquanto a teimosia não passa de um capricho.

6) Equilíbrio emocional

Outro atributo cada vez mais valorizado pelas grandes empresas é a chamada inteligência emocional, que não é estimulada nos bancos escolares ou mesmo em casa.

Somente a vivência de cada um pode determinar sua inteligência para lidar com as emoções. É uma característica que, em essência, só pode ser desenvolvida a partir do amadurecimento pessoal.

7) Visão estratégica

Nenhuma empresa de grande porte se torna referência por acaso. Entre os diversos fatores fundamentais para o sucesso, está o planejamento estratégico, adotado como ferramenta de negócios e guia para orientar as ações.

Quando estão recrutando pessoas para compor seu quadro, essas empresas esperam que elas também apresentem a capacidade de pensar e agir estrategicamente.

8) Inovação

Uma expressão bastante em voga é a chamada inovação disruptiva. De forma resumida, trata-se de toda inovação que quebra os paradigmas de mercado, abrindo novos nichos até então inexplorados ou subexplorados.

Esse é um traço presente no DNA das startups, empresas que, em regra, começam pequenas e apresentam um crescimento muito acelerado em função da maior liberdade e capacidade de inovar.

Grandes corporações já estão atentas a isso e buscam contratar pessoas que sejam capazes de agregar novas ideias. É uma das características profissionais mais difíceis de desenvolver, pois requer muito conhecimento e criatividade. Mas, em compensação, quem tiver essa habilidade certamente estará bem à frente dos concorrentes a uma vaga.

Para se destacar nos processos seletivos, é essencial se manter informado com conteúdos de qualidade. Para isso, assine nossa newsletter e receba artigos exclusivos sobre carreira, com dicas para ter sucesso profissional!

As habilidades mais demandadas pelas empresas no Brasil

Ebook: As habilidades mais demandadas pelas empresas no Brasil

A formação acadêmica não basta. Uma carreira de sucesso une a qualificação e as habilidades adquiridas a partir da inteligência emocional. Mas, quais as habilidades mais valorizadas no ambiente corporativo?

Inscreva-se e baixe este eBook gratuitamente



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.