Notícias

As consequências de uma má contratação para as empresas

      
As consequências de uma má contratação para as empresas
As consequências de uma má contratação para as empresas  |  Fonte: Universia Brasil
Luis Cabañas, Universia Brasil

Gabriel Zamboni

É gerente comercial da Universia Brasil. Ele participa da série Recrutamento e Seleção para as Empresas

Você sabia que a má contratação de funcionários pode gerar impactos bastante negativos para uma empresa, especialmente em seu orçamento?

Expectativas desalinhadas tanto da empresa como do próprio candidato caracterizam um processo de seleção malsucedido. É comum uma organização esperar resultados de um novo funcionário e se decepcionar com seu desempenho profissional. É mais comum ainda um colaborador sentir que não se encaixou na cultura do local no qual trabalha.

Mas como evitar isso?

A má contratação começa no início de um processo de recrutamento, quando empresas selecionam candidatos que não possuem o perfil esperado para suprir suas expectativas.

Pela ânsia de fechar vagas com rapidez, as organizações acabam contratando pessoas com baixa aderência à cultura interna. Por isso, é necessário ter um processo de recrutamento e seleção bem alinhado entre empresas e consultorias, com as características das vagas e os propósitos da empresa bem definidos. Essa é premissa número um nos processos conduzidos pela Universia Brasil.

O princípio básico para uma boa contratação é saber selecionar pessoas que se encaixem no perfil da oportunidade oferecida e no ambiente de trabalho proposto pela empresa.

A seguir indico outros erros que as empresas devem evitar durante um processo assertivo de seleção. Também conto como a Universia Brasil pode auxiliar na construção de um procedimento efetivo:

TEMPO

Em um processo de seleção, a pressa NÃO É inimiga da eficácia. É possível sim contratar com eficiência uma consultoria de Recrutamento e Seleção mesmo estando com urgência para conseguir o (s) candidato (s). Para escolher bem o novo funcionário, é preciso ter UM PROCEDIMENTO BEM ESTRUTURADO e jamais passar por cima das definições pré-estabelecidas – estando ou não com pressa.

A Universia Brasil auxilia as empresas a construírem esse processo de forma efetiva. Com uma equipe de consultores, estuda o propósito e a cultura da companhia e os requisitos das vagas oferecidas por ela para selecionar os candidatos que possuem o perfil mais aderente à oportunidade – evitando decepções por parte da companhia e do funcionário após a contratação.

Quando falamos em recrutamento, oferecemos um time especializado que vai customizar todo o processo de acordo com a visão e missão da empresa, para trazer pessoas alinhadas aos seus propósitos como organização.

ATENÇÃO: querer poupar tempo durante o processo pode SIM SIGNIFICAR PERDA DE TEMPO. Isso acontece sempre que um processo não é bem conduzido ou caso o candidato desista de sua posição em poucos meses. Isso implica em reiniciar novamente todo procedimento de recrutamento. Não se contentar com “tapar buraco”, e sim pensar com paciência para encontrar o que a empresa precisa. Temos expertise em trabalhar com pouco prazo.

REPUTAÇÃO

Empresas que demitem demais, acabam contratando menos. Processos de demissão queimam a reputação de uma organização. Afinal, ninguém quer trabalhar em um lugar em que a média de estadia dos funcionários é de três meses. A má contratação pode, inclusive, causar desconforto em clientes, que deixam de confiar na companhia.

É importante manter um posicionamento real tanto para o mercado como para potenciais colaboradores. Para isso, a empresa pode investir em Employer Branding, serviço oferecido pela Universia Brasil para posicionar bem a companhia com os jovens universitários das principais universidades brasileiras. Toda empresa tem uma história para contar.

Mas não são apenas as empresas que podem se prejudicar. Funcionários que possuem diversas experiências curtas em seu currículo tendem a gerar desconfiança entre os empregadores.

CUSTOS

Uma má contratação pode gerar custos altos para uma empresa. Processos de demissões envolvem gastos. Contratar bem evita esse tipo de surpresa desagradável para a companhia, que pode ter o budget seriamente afetado quando demissões se tornam comuns.

Contratações ruins geram funcionários insatisfeitos que não conseguem se adequar à cultura da empresa e se desenvolver internamente. Ou seja, significa jogar dinheiro fora não só com o processo de seleção, como também com treinamentos e demais capacitações. É muito importante ter a visão de que além da empresa perder, ELA TAMBÉM DEIXA DE GANHAR. Pessoas são recursos para conduzir inovações.

DESMOTIVAÇÃO

Desmotivado ao perceber que não correspondeu às expectativas da empresa ou não se encaixou na cultura da organização, um novo funcionário nunca vai se tornar o líder que a companhia espera para o futuro.

Para realizar uma boa contratação e ainda manter um funcionário engajado, a empresa precisa avaliar como os candidatos se encaixam na organização, se eles vão se adaptar à cultura da companhia e como eles se comportam perante situações comuns ao dia a dia.

Além disso, na hora de contratar, a empresa deve saber colocar da forma correta o que ela quer e espera de um candidato, para que seja fácil encontrar alguém que se encaixe nos atributos: é preciso ser transparente.

A equipe multidisciplinar da Universia Brasil oferece todo o acompanhamento necessário de um processo seletivo, desde a compreensão da vaga, até o desenvolvimento do candidato escolhido. Após entender a cultura da empresa, como conhecemos cada jovem que se inscreve no processo seletivo, somos muito assertivos na hora de direcionar o selecionado para uma vaga – eliminando os riscos de turnover na organização.

Cadastre seu CV grátis na Universia Emprego

Cadastre grátis aqui





Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.