Notícias

Entrevistas de emprego: como falar dos seus pontos fortes

      
É importante ser honesto na hora de explicar as próprias habilidades
É importante ser honesto na hora de explicar as próprias habilidades
  • Na hora das respostas seja natural: vai inspirar confiança nos entrevistadores.
  • Apresente exemplos para cada uma das habilidades que você mencionar.
  • Seja seletivo com o que contar e calcule o tempo: não deixe que seus entrevistadores fiquem impacientes.

Numa entrevista de emprego muitos candidatos se sentem seguros e parece bem fácil falar quando o assunto são os próprios pontos fortes. Mas antes de tudo, atenção: uma coisa é falar de si mesmo sem modéstia alguma e outra bem diferente é dar uma visão exagerada de si mesmo. É mais comum do que se pensa cair neste erro, por dois motivos: querer aparentar segurança e convencer das próprias qualidades.

A questão é que se não falamos de nossos pontos fortes com um bom critério podemos cometer o erro de produzir o efeito contrário ao desejado e isso pode gerar desconfiança. E a desconfiança é a primeira razão pela qual se descarta uma candidatura.

O melhor conselho é que você fale de suas virtudes de maneira natural; sem timidez e com assertividade, mas não exagere de forma desnecessária o que você é capaz de fazer.

Demonstre os seus pontos fortes com exemplos concretos, com algo relacionado com o seu trabalho  anterior. Utilizar diferentes palavras-chave para descrever todas as suas qualidades ajuda muito, mas não tente impressionar o seu entrevistador.

Como falar das suas fortalezas

Procure não interpretar o papel de candidato seguro e imbatível. Aja com máxima naturalidade. Quando for a ver de falar sobre as suas qualidades, não compense o discurso com os erros que você comete, não é o momento.

Você viveu experiências que te permitiram colocar em prática as habilidades que são solicitadas para a vaga que você quer preencher? Então é o momento de falar delas. Primero mencione um ponto forte e depois coloque um exemplo. Pode servir de roteiro para dar uma sequência nas suas respostas. Pode ser que você não tenha experiência para contar sobre alguns dos seus pontos fortes. Meça o tempo para calcular suas respostas. Não convêm ser curto nem se exceder contando histórias.

Alguns exemplos que podem servir de roteiro

As respostas que apresentamos abaixo sao só exemplos que podem ser adaptados ao contexto da sua entrevista. Você pode avaliar a estrutura de uma resposta natural, que diz algo sobre você e que soa mais convincente e confiável.

“Sempre fui uma pessoa com uma grande capacidade de liderança. Na escola me escolheram para capita da equipe de handball porque sabiam que eu motivaria as minhas colegas e conseguir o pódio no campeonato regional.”

“Sou um bom vendedor porque sei lidar com as pessoas. Sei intuir as necessidades delas e se eu tenho a solução, eu a ofereço. Presto muita atenção aos detalhes pessoais que depois as pessoas valorizam, tenho memória para esse tipo de dado. Tenho um amigo que me diz que sou vendedor até na hora de dormir, nunca esqueço um aniversário, além disso, sempre acerto com os presentes!”

“Tenho curiosidade. Quando tenho um enigma para resolver o encaro como um desafio pessoal e não paro até encontrar o resultado. É o que me leva a estar sempre buscando a inovação, a não ficar parado. E isto é fundamental para trabalhar com IT porque podem te ensinar muitas linguagens, mas não vão te dar um manual sobre como resolver casos particulares para os quais não existe um protocolo”.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.