Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

 
(Crédito: Reprodução)

 

Les Demoiselles d'Avignon exala uma sensualidade oculta, evidente nas pinceladas enérgicas de Pablo Picasso. Assim que exibida, a obra chocou devido a sua modernidade. Les Demoiselles d'Avignon não poderia ficar fora do projeto Um Pouco de Arte para sua Vida e é o 27º trabalho homenageado do quadro.

 

» Confira a lista de todas as obras de arte

» Sobre o projeto "Um pouco de arte para sua vida"

 

Pablo Picasso retrata prostitutas em um bordel de Barcelona em LesDemoiselles d'Avignon. No entanto, o que mais chocou os críticos não foi o tema da tela, mas a forma como foi pintada. A modernidade da obra resulta de uma série de estratégias artísticas audaciosas.

 

Percebe-se que Picasso é influenciado pela cultura africana, pois claramente se vê que as prostitutas estão pintadas como se usassem máscaras africanas. Esta obra foi uma precursora no trabalho do espanhol e influenciou até nos caminhos que a arte em geral tomaria. Os movimentos artísticos seguintes passariam a ser mais fragmentados e a usar técnicas vistas neste quadro, como a colagem.

 

Mias tarde, Picasso se referiu à pintura como "sua primeira obra exorcista." Acredita-se que o pintor se declarou assim sobre a tela porque era como se ele estivesse exorcizando a tradição, introduzindo novas técnicas e novos paradigmas à pintura e - por que não? - à sociedade.

 

 

 

4 detalhes da obra Les Demoiselles d'Avignon se destacam

 

1 - Figura de perfil

Localizada à extrema esquerda da tela, com o rosto escuro, está segurando uma cortina vermelha aberta que revela o grupo de mulheres. Ela permanece parada e impassível, como um guarda observando a cena. A figura oposta a ela também segura algumas cortinas.

 

2 - Duas figuras centrais

As duas mulheres no centro da obra formam o coração do quadro. Elas se deleitam com a própria nudez e sexualidade. Ambas olham, de maneira provocante e sensual, para fora da tela. Elas são as duas únicas com a face mais realista e primitivista da obra.

 

3 - Figuras com máscaras

Localizadas à esquerda da tela, estas duas figuras são as que têm a aparência menos humana no quadro. A mulher abaixada é a que tem a cabeça mais cubista do grupo. Repare que, mesmo estando sentada de costas, sua face desponta na tela. Essa forma de retratar a anatomia humana - pintar alguém de frente e de costas ao mesmo tempo - é uma característica típica do Cubismo.

 

4 - Mesa com frutas Picasso tinha uma versão anterior desta obra. Nela, havia esta mesa e dois homens assistindo às mulheres exibindo-se. A única parte que sobrou da versão antiga foi a mesa com frutas, dispostas de maneira sensual, em compasso com as prostitutas.

 

 

Ficha Técnica - Les Demoiselles d'Avignon:


Autor: Pablo Picasso
Onde ver:MoMa, Nova York, Estados Unidos
Ano: 1907
Técnica: Óleo sobre ela
Tamanho: 2,44m x 2,34m
Movimento: Cubismo

 

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais