Tuesday :: 21 / 10 / 2014

MaisNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia : Um Pouco de Arte para sua Vida

Conheça O Beijo de Judas, de Giotto di Bondone

O projeto Um Pouco de Arte para sua Vida homenageia hoje a obra de arte renascentista O Beijo de Judas, criada pelo pintor italiano Giotto di Bondone


ImprimirImprimirEnviar a un amigo EnviarPDFPDF

imagen-relacionada

Crédito: Wikipédia

O Beijo de Judas ocupa uma posição de destaque na parede sul da capela e representa um ponto crucial da narrativa, já que inicia as cenas de sofrimento de Cristo

 

O Beijo de Judas, famosa obra italiana do período renascentista é a pintura homenageada hoje pelo projeto Um Pouco de Arte para sua Vida. Giotto di Bondone é conhecido como fundador da pintura ocidental moderna, graças à sua contribuição para o "ressurgimento artístico" que marcou o início da arte renascentista.

 

 

» Confira a lista de todas as obras de arte

» Sobre o projeto "Um pouco de arte para sua vida"

 

A obra faz parte da Capela Arena, situada em Pádua, na Itália. Os afrescos foram encomendados por Enrico Scrovegni e a capela foi construída, originalmente, como local de culto à família Scrovegni e memorial a Enrico. Dedicada à Virgem da Caridade, o tema geral era a salvação.

 

O Beijo de Judas ocupa uma posição de destaque na parede sul da capela e representa um ponto crucial da narrativa, já que inicia as cenas de sofrimento de Cristo, que terminam apenas com a crucificação. As figuras centrais, Cristo e Judas, ficam abraçadas no epicentro dos eventos que os cercam, exatamente no instante que antecede a consumação do beijo.

 

Judas parece hesitar e o olhar de Cristo evidencia que ele conhece o seu destino. A representação da humanidade de Cristo, bem como de seu relacionamento com Deus e com os homens é um tema característico do ponto de vista renascentista e que fica claro nesta obra.

 

 

3 detalhes de O Beijo de Judas se destacam:

1. Traição:

Giotto captura a pungência da traição por meio da troca de olhares entre as duas figuras principais, quando Judas percebe que Cristo sabe e, mais que isso, o perdoa.

 

 

2. Corpos unidos:

A importância do momento é enfatizada pelo fato de que os corpos das duas figuras centrais estão unidos por um abraço; só o beijo ainda não consumado separa os dois corpos.

 

 

3. Manto de Judas:

O amarelo-claro do manto de Judas tem por função chamar a atenção do observador para as duas figuras principais e fixá-las no centro do campo de visão. O tom do manto tem continuidade no dourado do halo de Cristo, dando a impressão de que este está sendo envolvido.

 

O Beijo de Judas

 

 

Ficha Técnica - O Beijo de Judas:


Autor: Giotto di Bondone
Onde ver: Capena Arena, Pádua, Itália
Ano: 1304 - 1313
Técnica: Afresco
Tamanho: 183cm x 198cm
Movimento: Renascimento

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad