Saturday :: 19 / 04 / 2014

Además Notícias | Erros inglês | Arte por dia | 700 cursos | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DEL SITIO

Noticia

Vida Saudável

* Por Dr. José Alexandre Portinho


Imprimir Imprimir Enviar a un amigo Enviar PDF PDF Traducir Traducir

Para algumas pessoas, vida saudável é simplesmente evitar doenças. Na verdade o conceito é muito mais amplo, vai muito além. Hoje já sabemos que vários fatores influenciam a saúde, como: o relacionamento no meio familiar e no trabalho, o local em que se vive, o estado emocional e até mesmo o estado espiritual da pessoal. Se tudo isso não estiver harmônico, o indivíduo fica doente com mais facilidade. Portanto, para uma vida saudável é necessário encontrar um ponto de equilíbrio e, esse ponto é obtido com os valores do bem-estar físico, mental, social e espiritual.ÿ

Bem-estar significa a pessoa estar bem consigo mesma. Essa sensação depende de muitos fatores. A predisposição genética de cada pessoa é um desses fatores, além do ambiente em que se vive, dos cuidados que se tem com a saúde e da disposição psicológica para enfrentar a vida.

Para que a pessoa possa ter um bem-estar físico, é necessário aprender como prevenir doenças, quais os hábitos saudáveis que devem ser praticados, ter um sono adequado e disposição para exercícios físicos. ? importante aprender a preparar o básico de pratos nutritivos com alimentos saudáveis e os hábitos e horários corretos da boa alimentação e não menos importante, a boa mastigação e a etiqueta.ÿ

O bem-estar mental pode ser obtido pelo equilíbrio emocional e o bom convívio familiar. O estresse, a depressão, o nervosismo e principalmente a ira, bloqueiam o sistema imunológico, diminuindo a defesa contra doenças. O laser é parte fundamental no processo do bem-estar mental.ÿ

O bem-estar social é alcançado com moradia adequada, acesso a tratamento de saúde, senso de segurança pessoal, condições de trabalho e renda satisfatórios.ÿ

Algumas pessoas obtêm o bem-estar espiritual através da oração e prática de uma religião. Outras pessoas alcançam a espiritualidade quando estão em contato mais próximo com a natureza ou praticando a meditação. Cada pessoa tem uma maneira própria de exercer sua espiritualidade. O importante é ter paz interior, para que dessa forma, as decisões para um direcionamento da vida serem tomadas de forma mais clara e sensata. Nessa oportunidade do bem-estar espiritual, a pessoa passa a ter um raciocínio para proporcionar o bem-estar coletivo, começando por abranger as pessoas mais próximas de seu relacionamento.ÿ

Muitas pessoas não sabem, mas a plenitude da vida saudável só é alcançada através de decisões pessoais, ou seja, é necessário querer, buscar e se empenhar para conseguir a boa saúde. Alcançar a vida saudável pode ser uma tarefa simples desde que se tenha o desejo, se faça um planejamento, direcionando as prioridades e mudança de hábitos.ÿ

A mudança para uma vida saudável não é urgente, mas é prioritário. A prática da vida saudável irá pavimentar o crescimento e aperfeiçoamento individual em busca da felicidade. Ela pode ser praticada por todos, em qualquer fase da vida, inclusive por pessoas que já tiveram algum tipo de doença anterior.ÿ

A vida saudável, portanto, vai muito além de se ter uma alimentação adequada, boa disposição e o controle do estresse. As relações afetivas estáveis têm grande influencia na saúde, assim como a realização profissional e a segurança.

A herança genética, geralmente não pode ser alterada. Nossos genes trazem informações arquivadas desde o nascimento como a possibilidade de uma vida longa ou curta e a incidência de enfermidades que muitas vezes não podemos evitar. Entretanto, com a aplicação dos conhecimentos atualizados da medicina ou mesmo através da mudança do local em que vivemos, evitando, por exemplo, locais com poluição do meio ambiente, podemos influir e modificar a trajetória de um determinado tipo de doença.ÿ

Existem vários fatores nocivos a saúde que temos a capacidade de transformar para hábitos saudáveis. Essa capacidade de transformação pode ser determinante para uma vida mais longa e saudável.ÿ

A preocupação com a nossa saúde deve ser passado de mãe para filho, mostrando quão importante é praticar a boa alimentação, o bem-estar físico, mental, social e espiritual. Além disso, é importante fazer avaliações com o médico e realizar exames complementares para um mapeamento da saúde. Muitos detalhes estão envolvidos para alcançar uma vida saudável, devido a isto, somente com um planejamento o sucesso é obtido.ÿ

Inicialmente, como qualquer projeto de planejamento, você pode pensar que irá necessitar de tempo, recursos e dinheiro. Muitas pessoas podem alegar que não possui nenhum desses pré-requisitos para começar esse projeto. Entretanto, mudança de atitudes e de hábitos para a boa saúde não exigem gastos de dinheiro, pelo contrário, pode até ser economizado. Pois, a pessoa saudável tem mais tempo para viver e economiza dinheiro porque previne doenças, evitando tratamento médico que envolve a compra de remédio por exemplo. Portanto, a vida saudável pode gerar mais tempo, recursos e dinheiro para se viver ainda melhor. Na realidade, esse planejamento é um investimento na vida, com sucesso garantido quando praticado de maneira adequada.

Muitas pessoas têm vários tipos de preocupações, o trabalho, a família, os relacionamento, mas esquecem de pensar na sua saúde ou na prevenção de doenças. Sabemos que as pessoas que conseguem chegar a maturidade correm um risco muito maior de adoecer, principalmente as que não fizeram prevenção de doenças no passado. Muitas doenças iniciam na juventude, mas só vão se manifestar na idade madura.ÿ

A Ciência médica oferece a mulher oportunidades sem precedentes para viver mais e melhor. Mas para que isso aconteça, a mulher tem que tomar decisões certas no sentido da boa saúde. O resultado do desenvolvimento médico nos últimos anos é o aumento da expectativa de vida. Na Europa e Estados Unidos a mulher já vive em média mais de 80 anos. No Brasil a expectativa de vida é em média 72 anos. Portanto, a criança nascida hoje pode ter uma expectativa de vida além dos 80 anos.ÿ

A mulher pode tomar algumas decisões simples que podem melhorar a saúde. O direcionamento para isso é fazer exercício físico com freqüência, mudar a dieta incluindo mais frutas e vegetais, diminuir as gorduras, massas e doces. Além disso, são de grande importância os check-ups regulares para a detecção precoce das doenças. Muitas, já recorrem a meios alternativos para melhorar a saúde como a meditação e a massagem com a finalidade de reduzir o estresse. Outras, modificam a dieta para reduzir sintomas da menopausa e utilizam a acupuntura para melhora das dores no corpo.ÿ

As doenças cardiovasculares são as principais causas de morte na mulher. Aproximadamente uma em cada três mulheres com mais de 40 anos irão desenvolver doenças cardíacas durante sua vida. Dietas inadequadas e vida sedentária favorecem o aparecimento das doenças cardiovascular. As mulheres com excesso de peso estão em maior risco para hipertensão, diabetes e artrite.ÿ

Câncer de pulmão é outra causa freqüente de mortalidade superando inclusive o câncer de mama e colon. Apesar dos médicos alertarem para o risco do consumo de cigarros, é preocupante o aumento do percentual de mulheres adolescentes que fumam.ÿ

A saúde começa na gestação, dentro do útero, através do bom acompanhamento pré-natal. A vida saudável na maturidade é a repercussão da vivência durante a juventude com boa alimentação, prática de exercícios e hábitos saudáveis na mente e no corpo.ÿ

Se cada pessoa fizer o seu planejamento de vida saudável desde a infância, passando pela adolescência, os índices elevados das doenças cardíacas e cânceres, por exemplo, serão reduzidos na vida adulta e maturidade.

A nutrição correta é importantíssima nos períodos iniciais da vida que começa com a fase intra-uterina seguindo com a infância e adolescência. A ingestão de alimentação adequada que contém magnésio, vitamina D, potássio, além de leite e derivados que são ricos em cálcio, irá proporcionar um esqueleto com mais reserva de massa óssea para a mulher viver muitos anos, sendo crucial para a prevenção da osteoporose que é muito freqüente após a menopausa.

Podemos dizer que a osteoporose é uma doença pediátrica com conseqüências geriátricas. Isto porque 90% da massa óssea do esqueleto adulto é formado até o final da adolescência. O pico da massa óssea é alcançado entre as idades de 20 e 30 anos. A partir dessa idade a massa óssea já esta constituída e a mulher deverá se preocupar em evitar a perda de cálcio do osso.ÿ

Os estudos demonstram que a ingestão de alimentos ricos em cálcio na adolescência modela uma massa óssea ótima e mais resistente contra fratura durante toda a vida. O exercício físico também contribui para o fortalecimento ósseo.

As adolescentes devem estar sempre fisicamente ativas e afastar hábitos perigosos como fumo, excesso de bebidas alcoólicas, uso de drogas e comportamento sexual de risco para as doenças sexualmente transmissíveis.

Novos marcos na pesquisa médica envolvem novas drogas para o câncer de mama, alta tecnologia para os procedimentos cirúrgicos como a videohisteroscopia e videolaparoscopia e novos exames pré-natais possibilitando melhora da qualidade de vida. A mulher necessita de saúde para viver e ela precisa saber como fazer o controle de sua própria saúde. Nesse momento, é de grande importância a ajuda do médico na transmissão de informações atualizadas que são necessárias para o controle da saúde de cada pessoa.

Se você ainda não iniciou o seu planejamento de vida saudável nunca é tarde para se começar a plantar. Como não existe atalho nesse caminho da boa saúde, não é possível colher o que não foi plantado, sempre colhemos o que semeamos. Portanto, não perca tempo, comece por procurar uma área de plantio para a sua boa saúde, depois faça a semeadura. Tome conta com freqüência da sua plantação, para que você possa ter muitas colheitas de qualidade para sua vida saudável.ÿ

O resultado de todo esse esforço do bem-estar diário é o que chamamos de FELICIDADE. A felicidade não é o objetivo final. A felicidade é todo esse caminho, o dia-a-dia, a trajetória de toda a nossa vida.

* Dr. José Alexandre Portinho é médico formado pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Completou o Mestrado e o Doutorado também pela UFRJ e concluiu o MBA em Gerenciamento na Saúde pelo IBMEC do Rio de Janeiro.

** Artigo originalmente publicado no site Mulher Saúde.







RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad