• Quem é você?

Notícias

Mídia e espetacularização das sexualidades

      
No dia 2 de setembro, os antropólogos chilenos Jorge Pavez e Lilith Kraushaar, ambos vinculados à Universidad Católica del Norte, falarão sobre suas pesquisas sobre o mercado do sexo, masculinidades e femicídios nas regiões mineiras do Chile. O encontro na Unesp (Universidade Estadual Paulista) concentra-se em alguns crimes sexuais ocorridos naquela região e que mereceram grande atenção dos meios de comunicação de massa.

 

» Agenda: conheça os eventos promovidos pelas IES
» Universia Livros: Mais de 200 livros para baixar grátis
» Siga o Universia Brasil no Twitter

 

Lilith Kraushaar, que neste momento realiza parceria com o Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) tem pesquisado assassinatos de prostitutas ocorridos em cidades ao Norte do Chile, onde se concentram as grandes minas de cobre do país.

 

Sua fala aborda como os meios massivos trataram esses crimes, classificando previamente essas mulheres a partir da maneira como foram apresentados seus corpos, seja por meio das fotos ou dos textos das matérias. “Analiso dois casos clássicos, ocorridos em períodos diferentes, um dos anos 60 e outro dos 80, em que o papel da imprensa, pelo menos é o que vejo, foi crucial na transformação das mulheres assassinadas em santas populares”, discute a pesquisadora, referindo-se ao caso de “Las Botitas Negras” e de “Juanita Guajardo”, ambas prostitutas que hoje tem seus santuários e fiéis nas cidades mineiras de Calama e Antofagasta, respectivamente.

 

A palestra com os Pavez e Kraushaar será na sala 02 do campus da Unesp de Bauru, terá início às 10h e conta com a mediação da professora Larissa Pelúcio, do Departamento de Ciências Humanas.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.