Notícias

USP desenvolve pesquisa para despoluição de efluentes

      
(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)
Pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) realizaram um estudo sobre poluição e concluíram que são os micro-organismos das próprias regiões contaminadas que entram em ação para eliminar resíduos poluentes. Após descobrir qual é a bactéria certa para cada região, acontece a transformação dos compostos poluentes em substâncias que podem ser absorvidas pelos micro-organismos.

 

Esse projeto é desenvolvido por Elen Aquino, pesquisadora que coordena os estudos, que desde 2010 conta com o apoio das mestrandas Ingrid Avanzi e Louise Gracioso, da técnica química Marcela Galluzzi, e do aluno Alan Santana, da iniciação científica. A principal contribuição do projeto é que ele seja útil na descontaminação de efluentes, e com isso a principal vantagem é trazer benefícios para a população.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.