• Quem é você?

Notícias

13 perguntas que você deve fazer antes de transferir de faculdade

      
Não tenha medo de fazer a transferência se encontrar melhor opção
Não tenha medo de fazer a transferência se encontrar melhor opção
  • Transferir de faculdade pode ser a melhor ou a pior decisão que você pode tomar.
  • Antes de decidir, é essencial que você analise todos os ângulos da situação.
  • Se você não sabe por onde começar e está com medo de tomar a decisão, confira 13 perguntas que você deve se fazer antes de pedir transferência.

Escolher a profissão é uma das decisões mais sérias que tomamos. Investimos anos de nossas vidas no trabalho, portanto sentir realização e satisfação com as conquistas profissionais é condição indispensável para alcançarmos sucesso e felicidade.

1. Por que você quer pedir transferência?

Priorize aquilo que você sabe que é melhor para você. Quando o assunto é decidir o seu futuro, dê preferência por universidades com excelentes notas no Ministério da Educação, infraestrutura completa, parceria com empresas destacadas no mercado, e convênios com universidades estrangeiras para realização de intercâmbios. Não tenha medo de fazer a transferência de faculdade se encontrar uma melhor opção.


2.Terminar a sua graduação em outra instituição aumentam as suas chances de emprego e oportunidades de trabalho?

Quem não sonha em ser um profissional reconhecido no mercado? Realizar esse desejo demanda muito comprometimento e esforço. O processo de escolher uma profissão e encontrar o curso certo é desafiador e possui um grande impacto no futuro profissional.

Os processos seletivos para universidades de ponta exigem uma boa preparação dos candidatos, pois são mais concorridos.

Muitas instituições aceitam o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) como forma de ingresso. Outras preferem aplicar vestibulares próprios. Investir nos estudos para essas avaliações podem ser a porta de entrada para a universidade dos seus sonhos.

Além do vestibular tradicional e da prova do ENEM, existem outras formas de ingresso nas universidades. A transferência e a segunda graduação possuem um procedimento diferenciado, por exemplo. Nesses casos, normalmente é aplicada uma prova de conhecimentos específicos sobre o curso que se deseja iniciar ou continuar.


3. Você terá que gastar muito dinheiro com o processo de transferência? Esse valor irá valer a pena?

Questione na secretaria sobre a possibilidade de utilização das disciplinas não aproveitadas para suprir a carga de horas extracurriculares.


4. Pode até ser que você irá gastar menos dinheiro em outra instituição. A diferença de valor irá afetar a qualidade da educação e a sua experiência acadêmica?

Um fator que afasta muitos candidatos das melhores universidades é o valor dos investimentos necessários. Antes de desistir de entrar em uma universidade de destaque, pesquise sobre oportunidades de bolsas de estudo e financiamento estudantil.

Uma das opções mais procuradas é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Trata-se de uma iniciativa do Governo Federal para ampliar o acesso à educação superior.

Entre suas vantagens estão: juros reduzidos, pagamento somente após a formação e financiamento de 50% a 100% do curso.


5. As emoções têm algum peso na sua decisão?

Muitos estudantes não descobrem logo de cara a carreira mais adequada para seu perfil. O importante é ser honesto consigo mesmo e não deixar a vontade de familiares ou simplesmente a expectativa de retorno financeiro falarem mais alto.

O mais indicado nessas horas é procurar um bom teste vocacional para fornecer as primeiras diretrizes. Com o resultado desse teste você terá uma visão geral de quais áreas são mais compatíveis com sua personalidade.

Considere as principais atividades dos profissionais da área, as cidades e regiões com melhores oportunidades de emprego na carreira e sua afinidade com as disciplinas principais da grade do curso.


6. Os seus créditos, horas complementares e projetos serão transferidos? Se não, a perda será muito significativa?

Na hora da matrícula, verifique quais foram as disciplinas aproveitadas do curso de origem. Analise a grade do novo curso e programe-se para completar todas as matérias.  


7. A sua transferência irá atrasar a sua formatura? Se sim, você tem algum problema com isso?

Verifique a existência de disciplinas equivalentes em outros cursos que se encaixem no seu horário. Dessa forma, você evita atrasos decorrentes da transferência no tempo para formatura.


8. Você conhece a infraestrutura da faculdade que você deseja pedir transferência?

Se puder, faça uma visita pessoalmente pelo campus; procure conhecer recém-formados e profissionais que já passaram pela instuiçao. Você também pode pedir uma entrevista na faculdade, e assim perguntar todas as suas dúvidas.


9. Você tem tempo suficiente para lidar com a burocracia da transferência?

Verifique se existem vagas disponíveis no curso da universidade para qual deseja a transferência.

Também é importante verificar se existe alguma restrição em relação à porcentagem do curso já concluída até o momento da transferência.

Caso você já tenha cumprido mais do que o limite, uma alternativa é concluir o curso iniciado e pesquisar oportunidades de pós-graduação na universidade.

Informe-se na secretaria da instituição de destino sobre os documentos necessários. Envie toda documentação, seja presencialmente ou via internet, e aguarde a avaliação da sua solicitação.

Em alguns casos, é necessária a realização de uma prova de conhecimentos específicos para ingresso via transferência ou segunda graduação.

Esse procedimento é importante para verificar o nível em que se encontra o estudante e se ele responde ao grau dos demais estudantes da universidade.


10. As circunstâncias na sua atual faculdade são tão ruins que você conseguiria lidar com um possível arrependimento?

Esta é uma decisão que não tem volta atrás, por isso é importante colocar na balança as vantagens da transferência.


11. Quais são as características da sua faculdade dos sonhos? A faculdade que você deseja ir preenche melhor esses quesitos?

Pense que é importante frequentar uma instituiçao com a qual você se identifica.  


12. A grade curricular é parecida? Se não for, você está disposto a encarar várias aulas além do que você já estudou?

Navegue pela grade de disciplinas dos cursos, procure informações relevantes em blogs de profissões e participe de comunidades especializadas online para tirar qualquer dúvida em sua mente.


13. Você já tentou conversar com os grupos acadêmicos e coordenadoria da sua faculdade para tentar encontrar soluções?

Negocie, dê sugestões, veja se é possível fazer alguma mudança notória no que você considera que não funciona na instituição que vc frequenta autalmente. 


Escolher a profissão é uma das decisões mais sérias que tomamos. Investimos anos de nossas vidas no trabalho, portanto sentir realização e satisfação com as conquistas profissionais é condição indispensável para alcançarmos sucesso e felicidade.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.