• Quem é você?

Notícias

Estudar para provas deixa os alunos mais inteligentes?

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Você já deve ter ouvido várias pessoas dizerem que você tem que estudar para as provas porque é assim que vai ficar mais inteligente. Mas, será verdade que as avaliações escolares aumentam a inteligência dos alunos? Em busca de respostas, o jornal sobre psicologia Psychological Science publicou um estudo sobre os resultados das horas de estudo no QI dos alunos.

 

Leia também:
» 5 habilidades que todo estudante deve cultivar
» Entenda por que repetir o ano não é bom para estudantes
» Veja como fazer um plano de estudos ideal pra você

 

Primeiramente, é importante diferenciar e entender os dois tipos de inteligência que todos os seres humanos têm: a inteligência cristalizada, que é uma série de dados e fatos que aprendemos ao longo do tempo, e a inteligência fluida, representada pela capacidade de usar as informações aprendidas de forma lógica.

 

Para realizar o estudo, os cientistas analisaram os resultados das avaliações e testes de QI de 1400 alunos do 8º ano. O resultado? As horas de estudo para as provas não foram em vão, pois os estudantes aumentaram a sua inteligência cristalizada ao aprender novos conteúdos. Entretanto, no que diz respeito ao uso prático do que foi estudado, nenhum avanço foi notado.

 

Vale frisar que o conhecimento fluido, que não sofre melhorias com o estudo para avaliações escolares, é importante para a capacidade de memória, raciocínio lógico e resolução de problemas, logo, seu desenvolvimento seria essencial para melhorar o desempenho dos estudantes em situações cotidianas, fazendo com que eles se tornassem mais criativos.

 

Agora que você já sabe os benefícios dos estudos para a sua memória cristalizada, que tal esforçar-se para aplicar os seus conhecimentos no dia-a-dia e melhorar a inteligência fluida? A chave para o sucesso está em suas mãos.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.