text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Professores: 6 dicas para tornar suas aulas mais divertidas

      
Desenvolva competências destinadas à comunicação, como trabalhos em grupo
Desenvolva competências destinadas à comunicação, como trabalhos em grupo  |  Fonte: Shutterstock
  • Paciência e muito trabalho. São dois fatores que caracterizam o dia a dia de um professor. Por um lado, é preciso com que os alunos prestem atenção. Por outro, que eles se sintam interessados.
  • Não é fácil despertar o interesse em um grupo heterogêneo.
  • Entretanto, é importante que as suas aulas sejam amenas, dinâmicas e que os estudantes sintam o entusiasmo que você tem por transmitir seus conhecimentos.  

Ser professor não é fácil. Às vezes, é preciso uma grande dose de paciência e esforço para conseguir captar a atenção e o interesse dos alunos em sala de aula, e o resultado não é sempre positivo, principalmente com certos grupos. Por isso é muito importante fazer de suas aulas o mais divertidas e amenas possíveis já que, desta forma, grande parte do caminho estará feito.

Não há nenhuma razão lógica pela qual o aprendizado não deva estar alinhado com a diversão. Especialmente porque os alunos retêm melhor na memória conteúdos que lhes foram marcantes e divertidos. Existem algumas maneiras que servem de ajuda na hora de transmitir conhecimento em sala de aula:


1. Grupos de estudo

Trabalhe com grupos de estudo e desenvolva jogos divertidos para que todos pratiquem juntos. Ilustre matérias e palavras-chave com marcadores de texto coloridos para que eles fixem o conteúdo. Desenvolva quizzes com pontos e prêmios. Faça os estudantes rirem.


2. Faça concursos

Faça concursos amigáveis para instigar boas notas, mas lembre-se de não incentivar a competição exacerbada. Por exemplo, quem tiver feito todas as lições de casa escolhe qual passeio será feito no final do ano, entre outras ideias com este foco. Use sua imaginação.


3. Leituras

Quando você estiver fazendo alguma atividade pouco dinâmica, como leitura em sala de aula, pense em maneiras que podem ajudá-lo a transformar esta experiência em algo que marque os alunos. Conecte conteúdos, passe informações apropriadas e traga o que está sendo aprendido para a realidade dos alunos.


4. Escute música

Que tal colocar um pouco de música enquanto os alunos estiverem fazendo exercício? Escolha um ritmo mais calmo e ponha num volume baixo. Quebre a monotonia do silêncio durante um exercício. É relaxante.


5. Excursões

Não precisa ir muito longe. Você pode organizar esse tipo de evento tendo como destino o bairro vizinho ou mesmo um estado próximo. O objetivo é que o aluno experimente a matéria que está aprendendo.


6. Apresentações

Se você estiver passando uma apresentação em sala de aula, tente deixá-la o mais divertida possível. Lembre-se de que certos tipos de seminário exigem que as luzes estejam apagadas e que os alunos têm sono pela manhã. Por isso, use humor, traga o assunto para o cotidiano e faça algo dinâmico. Se não, até você vai dormir na sua própria aula.


Ainda falta muito caminho a ser percorrido. A importância de conhecer dados e memorizá-los começa a ficar em segundo plano na sala de aula. Sem dúvida, a mudança de papel dos profissionais da formação educativa é fundamental. Passam de ser figuras dominantes a ser condutores e mediadores que favorecem aulas mais dinâmicas, nas quais o aluno é o verdadeiro protagonista.

Cinco formas de redistribuir a sala de aula (Universia Brasil)

Infografía: Cinco formas de redistribuir a sala de aula

Estas cinco maneiras de reorganizar a sala de aula permitirão ajustar o espaço às necessidades dos alunos.

Inscreva-se e baixe este infográfico gratuitamente


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.