text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

A maioria dos universitários ibero-americanos nunca estudou fora do país, segundo pesquisa

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Uma pesquisa feita pela Universia com mais de 22 mil estudantes universitários da Espanha, Portugal e América Latina mostrou que a maioria desses alunos nunca estudou fora do seu país de origem. Dentre os professores que responderam o questionário, 39,6% afirmou que também nunca teve essa oportunidade.

 

Leia também:
» Pesquisa mostra que papel e caneta são mais eficientes que computador no aprendizado
» E-learning terá investimento mundial de US$ 51 bilhões, aponta pesquisa
» Confira notícias sobre bolsas de estudo

 

O tema da pesquisa era “As Universidades sem Fronteiras”. O estudo faz parte da preparação para o III Encontro Internacional de Reitores Universia, evento que acontece em julho, no Rio de Janeiro, e conta com mais de 1.100 reitores de 46 países.

 

A maioria dos entrevistados (66,7%) afirmou que tem interesse em estudar no exterior, sendo a Europa o destino preferido desses alunos, seguido pela América do Norte, a América Central e a América do Sul.

 

Além disso, os entrevistados consideram que existem muitas coisas que devem ser melhoradas na mobilidade nacional ou internacional de alunos e professores, como a falta de recursos, a falta de informações e as dificuldades para reconhecimento dos cursos.

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.