text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Brasil é um dos países com maior diferença salarial entre gêneros

      
<p>Segundo o relatório <strong><a title=Education at a Glace 2015 href=https://www.oecd.org/edu/EAG-Interim-report.pdf target=_blank>Education at a Glace 2015</a></strong>, desenvolvido pela <strong>Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE)</strong> e divulgado nesta terça-feira (24), a <strong><a title=Levará mais de um século para as mulheres alcançarem os homens no mercado de trabalho href=https://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/10/08/1132158/levara-seculo-mulheres-alcancarem-homens-mercado- trabalho.html>diferença entre os salários de homens e mulheres com mesmo nível acadêmico</a></strong> no Brasil é uma das maiores do mundo. O estudo analisou dados de 46 países, que incluem membros da OCDE, do G20 e outras nações parceiras.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Brasil investe mais em educação, mas tem baixa escolaridade href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/24/1134035/brasil-investe-educacao-baixa-escolaridade.html>» <strong>Brasil investe mais em educação, mas tem baixa escolaridade</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Relatório compara salários de professores do Brasil e do mundo href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/24/1134019/relatorio-compara-salarios-professores-brasil-mundo.html>» <strong>Relatório compara salários de professores do Brasil e do mundo</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Carreira href=https://noticias.universia.com.br/carreira>» <strong>Todas as notícias de Carreira</strong></a></p><p> </p><p>A renda média de uma profissional com educação superior no País representa <strong>62% da renda média do homem</strong>, segundo a pesquisa. O levantamento também apontou que <strong>72% dos homens com ensino superior completo ganham mais que o dobro que a média da renda nacional</strong>. No caso das mulheres, <strong>51% têm renda maior que a média do País</strong>.</p><p><br/><br/>Em países como Coréia, Eslováquia, Estônia, Israel e Hungria, a diferença entre os salários de homens e mulheres é ainda maior. Profissionais do sexo feminino ganham menos do que <strong>60% do salário de profissionais do sexo masculino</strong>, ambos com mesmo nível de formação. Na outra ponta do ranking está a Bélgica, com a <strong>menor disparidade de salário entre os sexos</strong>. No país, as mulheres ganham até 87% do que é pago aos homens.</p>
Fonte: Shutterstock

Segundo o relatório Education at a Glace 2015, desenvolvido pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) e divulgado nesta terça-feira (24), a diferença entre os salários de homens e mulheres com mesmo nível acadêmico no Brasil é uma das maiores do mundo. O estudo analisou dados de 46 países, que incluem membros da OCDE, do G20 e outras nações parceiras.

 

Você pode ler também:

» Brasil investe mais em educação, mas tem baixa escolaridade
» Relatório compara salários de professores do Brasil e do mundo
» Todas as notícias de Carreira

 

A renda média de uma profissional com educação superior no País representa 62% da renda média do homem, segundo a pesquisa. O levantamento também apontou que 72% dos homens com ensino superior completo ganham mais que o dobro que a média da renda nacional. No caso das mulheres, 51% têm renda maior que a média do País.



Em países como Coréia, Eslováquia, Estônia, Israel e Hungria, a diferença entre os salários de homens e mulheres é ainda maior. Profissionais do sexo feminino ganham menos do que 60% do salário de profissionais do sexo masculino, ambos com mesmo nível de formação. Na outra ponta do ranking está a Bélgica, com a menor disparidade de salário entre os sexos. No país, as mulheres ganham até 87% do que é pago aos homens.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.