text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que suas promessas de ano-novo não dão certo

      
Fonte: Shutterstock

Está chegando a época do ano em que revemos todas as nossas atitudes e planejamos objetivos ainda maiores para os próximos 12 meses. Na noite de Réveillon, preparamos uma listinha com inúmeras resoluções de ano-novo e prometemos a nós mesmos que dessa vez vamos cumprir cada uma delas.

 

Você pode ler também:

» 5 truques para tirar melhores notas em 2016
» Prepare-se para entrar na universidade em 2016 com 6 dicas
» Todas as notícias de Carreira

 

No entanto, o tempo vai passando e algumas das metas vão sendo esquecidas ou empurradas para a lista de objetivos do ano seguinte. Segundo uma pesquisa internacional, cerca de 92% do que foi planejado na noite da virada não se torna realidade do ano seguinte. Veja agora 5 motivos pelos quais suas promessas de ano-novo não se concretizam e tente mudar suas atitudes.

 

1 – Não é importante para você

Muitos criam metas irreais ou que realmente não são importantes para sua vida. Cumprir as promessas já não é uma tarefa fácil, ainda mais quando você terá que fazê-las por obrigação ou sem vontade.

 

2 – Você é muito radical

Você está há anos sem estudar e promete que irá fazer um MBA, cursos de especialização e talvez iniciar uma nova graduação no próximo ano. Estipular objetivos muito radicais é um dos principais motivos de desistência. Você precisa ter foco nos seus sonhos, mas, no início, ir com calma é a melhor pedida.

 

3 – Você sonhou baixo

Ser radical não é uma postura muito indicada, mas sonhar baixo também não é a melhor forma de alcançar o objetivo. Dizer que vai começar o ano novo indo à acadêmia uma vez por semana não é a melhor forma de perder peso, certo?

 

4 – Você é impaciente

Geralmente, as resoluções de ano-novo estão intimamente ligadas a sonhos e objetivos grandiosos. Por isso, é preciso ter calma e controlar a ansiedade. Bons resultados podem demorar a acontecer e isso não é motivo para desistir.

 

5 – Você tem dó de si mesmo

Ter dó de si mesmo e ficar se poupando de fazer esforços é a pior maneira de conquistar um objetivo. Risque a frase “eu deveria, mas não consigo” do seu vocabulário e comece a se dedicar às metas.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.