text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFF pesquisa erosão no litoral de Atafona

      
A UFF inicia em dezembro trabalho de pesquisa no litoral de Atafona, distrito do município de São João da Barra (RJ), que há anos sofre com erosão marítima causando destruição de casas e ruas. Moradores têm suas vidas transformadas, pois são expulsos do litoral pela força da maré que invade suas residências e faz a cidade recuar cada vez mais.

O estudo é coordenado pelo professor Alberto Garcia de Figueiredo Júnior, do Laboratório de Geologia Marinha (Lagemar) da universidade, e terá duração de dois anos, pesquisando mapas, plantas e imagens de satélite de diferentes épocas e medições. Participam da equipe os professores Gilberto Pessanha e Cleverson Guizan Silva. A intenção é tentar datar o início do fenômeno, identificar a razão do processo e acompanhar sua evolução para que possa ser projetado o tempo de duração.

"O processo é irreversível", garante Figueiredo Júnior. Mas, segundo ele, é preciso dar à população condições de prevenir-se e adaptar-se à erosão da costa. O projeto foi o que recebeu maior verba - cerca de R$ 100 mil do CNPq, por meio do Edital Universal, que concede recursos a vários grupos de pesquisas universitárias. Mais 27 trabalhos da UFF também receberam subsídios do Edital Universal. Ainda para o coordenador, outro benefício que o estudo em Atafona trará é o desenvolvimento de dissertações e teses sobre o assunto, "um ganho para a UFF e para a cidade".

Fonte: UFF
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.