text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Transgênicos e Biotecnologia: a Ciência da Vida

      

Por se tratar de uma área que avançou muito rápido, acompanhando a evolução da própria ciência da informação, a biotecnolgia trouxe perguntas até há pouco impensáveis e as respostas estão vindo paulatinamente.

Muito se discute as aplicações da biotecnologia e seus eventuais impactos sobre os princípios éticos da sociedade. A biotecnologia constitui o ramo da ciência que pesquisa a utilização de técnicas e processos envolvendo materiais biológicos para melhorar plantas, animais e a saúde das pessoas. Entretanto, a percepção social de seus riscos é maior em relação às plantas, quando comparada aos seres humanos e animais.ÿ

As críticas mais acirradas recãm sobre os organismos geneticamente modificados (OGMs), originados da introdução controlada e integração de um gene, ou fragmento de DNA, a um genoma (conjunto de genes) receptor de modo independente da fecundação.ÿ

Algumas das preocupações levantadas a esse respeito são alarmistas, outras são de caráter especulativo e existem ainda aquelas que, realmente, são de cunho científico. Artigos referentes a essas questões são inúmeros e não serão alvo de discussão neste texto.ÿ

O que, por ora, cabe ressaltar é que o Brasil desponta na América Latina como um grande expoente em biotecnologia, sobretudo pela sua grande biodiversidade, que constitui a principal fonte de genes para a independência tecnológica do país.ÿ

Nesse contexto, as plantas transgênicas são ferramentas valiosas de bioprospecção (busca por genes com potencial farmacêutico e comercial) e de caracterização de genes e de suas funções, para citar apenas alguns de seus usos no estudo da vida.ÿ

? de grande importância que as pesquisas nessa área avancem e que a sociedade brasileira tenha acesso aos benefícios da engenharia genética - pelo aumento da qualidade nutricional dos alimentos, pela disponibilidade de produtos funcionais) e nutracêuticos (alimento que possua substâncias que ajudem na prevenção de doenças), ou mesmo pela possibilidade de se fazer uma agricultura mais sustentável e economicamente viável.ÿ
Por se tratar de uma área que avançou muito rápido, acompanhando a evolução da própria ciência da informação, a biotecnolgia trouxe perguntas até há pouco impensáveis e as respostas estão vindo paulatinamente. Os problemas complexos não têm soluções simples e é necessário dar respostas satisfatórias para a sociedade, a fim de que as pessoas possam optar conscientemente entre as várias possibilidades.ÿ

O desenvolvimento da biotecnologia mudou o paradigma da ciência contemporânea e, hoje, representa papel crucial na demanda econômica, baseada, cada vez mais, em conhecimento especializado. Essa mudança exigirá dos governos atuais e futuros novas estratégias na consolidação desse sistema inovativo.ÿ

O Brasil vive um momento político ímpar e muitas decisões importantes deverão ser tomadas na área de biotecnologia, que, certamente, irão afetar, positiva ou negativamente, o futuro dessa ciência. Tais decisões devem ser baseadas não apenas na informação, mas, essencialmente, no maior conhecimento científico, capaz de subsidiar a escolha de opções políticas adequadas.ÿ

Para dar à sociedade as respostas a que tem direito e permitir o desenvolvimento da biotecnologia, com segurança, ética, sustentabilidade e eqüidade, é preciso, antes de tudo, que se garantam investimentos em programas estáveis de financiamento para infra-estrutura de pesquisa e em biossegurança.ÿ

O avanço da biotecnologia e da engenharia genética é um processo irreversível no mundo contemporâneo. O desafio consiste em assegurar uma política de ciência e tecnologia atenta a esse campo do conhecimento, haja vista sua importância estratégica ao desenvolvimento nacional.

* Rosângela Bevitori é pesquisadora da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária ) Arroz e Feijão. Ana Christina Albuquerque Zanatta é pesquisadora da Embrapa Trigo.

** Artigo originalmente publicado no site do Ministério de Ciências e Tecnologia.ÿ

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.