text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Pesquisa sobre hormônios de crescimento ganha publicação nos EUA

      
Estudos e pesquisas foram realizados pelo professor da Unisul Marcos de Oliveira Machado nos Estados Unidos a partir de camundongos. O resultado do trabalho foi publicado em revista científica internacional.

Atualmente no Brasil, existe apenas um animal transgênico, o camundongo Vítor, desenvolvido em São Paulo. O professor da Unisul, Marcos de Oliveira Machado, esteve durante dois anos nos Estados Unidos cursando Doutorado e suas pesquisas eram realizadas com este tipo de animal, o que acabou resultando neste mês, na publicação de um artigo científico em revista internacional.

O artigo foi publicado na Kidney National, revista científica mensal, de classificação Qualis A. - Além da importância da pesquisa, outro ponto interessante é um brasileiro publicar um artigo científico em uma revista de grande impacto afirmou entusiasmado.

O artigo conta que com os estudos e pesquisas foi descoberto, a partir dos camundongos, que a utilização em excesso de Hormônios de crescimento (GH) pode promover o acúmulo de colesterol e outros lipídios no tecido renal dos animais.

Também foi constatado que a partir deste acúmulo ocorre uma oxidação das partículas de LDL (Lipoproteínas de Baixa Densidade), favorecendo o processo de glomeruloesclerose.

Este animal é um modelo experimental para doenças de fundo hormonal, no caso acromegalia (doença causada pelo excesso de GH no ser humano). O trabalho também chama a atenção para o cuidado que se deve ter no uso indiscriminado ou sem acompanhamento profissional do GH, principalmente em academias, que pode causar também problemas cancerígenos, tumores e pressão arterial.

Quando se faz à reposição de hormônios tem que se tomar muitos cuidados alertou. Machado cursou seu Doutorado na Uniformed Services University, na cidade de Bethesda, hoje leciona nos cursos de Ciências Biológicas, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia e Medicina da Unisul, Campus Tubarão e Educação Física e Fisioterapia, Campus Pedra Branca.

Fonte: Unisul

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.