text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFJF: Projeto de Climatério do HU será apresentado em congresso

      
O projeto "Viver melhor: assistência integral às mulheres do climatério" do Hospital Universitário (HU- UFJF) está entre os 20 selecionados para a apresentação no VI Congresso Brasileiro de Climatério e Menopausa- Aspectos da Ginecologia endócrina na mulher acima dos 35 anos. O trabalho será apresentado em forma de poster (contendo o nome do projeto) dentro da área temática de interdisciplinaridade. O congresso acontece na próxima semana, entre os dias 15 e 17, no Hotel Intercontinental, na cidade do Rio de Janeiro.

"É muito bom saber que o nosso trabalho está sendo reconhecido. É uma oportunidade de crescimento e divulgação do projeto, uma forma de demonstrar para outras pessoas que um trabalho desse tipo pode ser desenvolvido em qualquer lugar do Brasil e com ótimos resultados", comenta a assistente social residente e uma das coordenadoras do projeto, Marina Roland Arcuri. A iniciativa também possui como coordenadores a assistente social do HU Ana Cláudia Rodrigues Alves e o médico Álvaro Polisseni e conta com mais sete acadêmicos.

A coordenadora explica, ainda, que o climatério é o período de vida da mulher que compreende geralmente dos 40 aos 65 anos de idade, sendo a menopausa apenas um dos sintomas. "A mulher apresenta outros sintomas, como fogacho (ondas de calor), ansiedade e estresse, os quais variam de pessoa para pessoa. É importante ressaltar que, a depressão, por exemplo, apresenta-se principalmente nas mulheres que já têm uma certa predisposição", completa Marina Arcuri.

O projeto trabalha com grupos de aproximadamente 20 mulheres, que são atendidas durante o período de um mês. O encontro é semanal, com profissionais de diferentes áreas: na primeira semana, com assistentes sociais (que trabalham com atividades, como dinâmicas de entrosamento do grupo, e com informações dos direitos sociais), seguida pelos médicos (que abordam as alterações na saúde da mulher), psicólogos (que fazem um grupo terapêutico) e na última semana com profissionais da educação física e nutrição (que incentivam a prática de exercícios e dietas).

Segundo Marina Arcuri, o projeto tem demonstrado ótimos resultados. "A mulher passa a reconhecer na outra aquele problema que antes parecia ser só dela, ficando estimulada a participar. Tanto que as mulheres começaram a requisitar uma continuidade do projeto, e criamos o Prosseguir". Nesse Projeto, criado pelo Serviço social, as mulheres que já freqüentaram o de Climatério passam a se encontrar quinzenalmente. Em cada reunião, discutem um assunto (eleito por elas) com as assistentes sociais e profissionais das áreas afins.

As mulheres interessadas em participar das reuniões devem ligar para (32) 3229-3081.

Fonte: UFJF
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.