text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Pesquisa da UnB revela dificuldades no combate à desigualdade

      
Os órgãos que promovem igualdade racial nos estados e municípios enfrentam problemas: 75% não possuem estrutura, recursos humanos e orçamento adequados, e 30% não dispõem de verba nenhuma. Foi o que revelou uma pesquisa da Universidade de Brasília (UnB) encomendada pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).

Políticas de governo

O estudo foi realizado neste ano para avaliar os objetivos, problemas e resultados das políticas de governo implementadas no Brasil. Inédito no Brasil, aponta que 160 órgãos de promoção da igualdade racial foram criados após o estabelecimento da Seppir, em 2003. De acordo com o coordenador da pesquisa, Sadi dal Rosso, esse crescimento não significa que os órgãos sejam eficientes e os objetivos sejam alcançados.

"Percebemos que nos organismos constituídos nos estados e municípios para levar adiante essas políticas, há aquela estrutura mais instável. São coordenações, comissões, grupos de trabalho que nos dão a impressão de serem provisórios, o que não é bom", explica o professor Dal Rosso. Segundo ele, tal situação caracteriza "um grande entrave para a promoção integral da igualdade racial".

Segundo a ministra da Seppir, Matilde Ribeiro, as pessoas envolvidas na promoção da igualdade racial nos estados e municípios "ainda não estão preparadas para desenvolver políticas". "Precisamos a cada dia investir mais para que essas ações sejam eficazes e façam parte da agenda pública do país", disse.

O estudo revelou também que 85% dos gestores nos municípios são militantes do movimento negro. "Isso significa que as políticas sugeridas ou implementadas estão atreladas às convicções éticas", destaca Dal Rosso.

(Agência Brasil)
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.