text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Universitários da USP prestam assistência farmacêutica em Minas Gerais

      
Com índices de saneamento básico e higiene precários, a cidade mineira de Córrego Fundo é um dos locais que já foi atendido pela Jornada Cientifica, projeto de extensão universitária da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP). Entre os dias 10 e 26 de janeiro de 2010, os estudantes de farmácia-bioquímica voltarão ao município. Será o terceiro ano que o projeto visitará a cidade. As principais atividades exercidas serão a realização de exames parasitológicos e de anemia em crianças de 8 e 9 anos e de diabetes e hipertensão na população em geral. Pela primeira vez na história da Jornada, exames de colesterol também serão disponibilizados. Além disso, haverá orientação do uso correto de medicamentos, treinamentos dos agentes de saúde e análise microbiológica da água. Esta última bastante relevante para Córrego Fundo, que não possui nenhum tipo de tratamento de água ou esgoto: a água é apenas clorada quando sai do reservatório antes de ser distribuída. Os problemas encontrados pelos jornadeiros, como são chamados os integrantes do projeto, são levados à prefeitura para que medidas possam ser implementadas. "Intensificamos o saneamento básico, estamos trabalhando para tratar todo o esgoto e estamos trabalhando também na coleta em bairros que não tinham o serviço, como a Rua do Chiba", afirma Valdir Martins Ferreira, prefeito de Córrego Fundo. O projeto, realizado todo mês de janeiro, desde 2003, caracteriza-se por exercer a atenção farmacêutica, quando o profissional atua junto à sociedade e esclarece dúvidas sobre saneamento básico, higiene, doenças, remédios e cuidados de saúde. "Em 2010, serão realizadas palestras aos adultos sobre saúde preventiva e mental, drogas lícitas e ilícitas e doenças sexualmente transmissíveis", conta Paula Castro, coordenadora da Jornada. Também serão feitas atividades com as crianças, baseadas na leitura de livros infantis. Por usufruírem de uma entidade pública, os estudantes de farmácia-bioquímica da USP encontram na Jornada Científica uma forma de devolverem, com seus conhecimentos técnicos, um serviço à população. Além disso, a formação daqueles que participam do projeto acaba diferenciada. Márcia S. Campos, enfermeira do Hospital Universitário da USP, diz: "Os integrantes têm a possibilidade de estarem próximos de uma realidade social diferente da deles, o que é importante para a formação pessoal e social. A formação profissional e acadêmica também fica valorizada, porque os estudantes se diferenciam por terem trabalhado em prol da sociedade". Serviço O que: Projeto de extensão universitária Jornada Científica. Quando: 10 a 26 de janeiro de 2010. Onde: Córrego Fundo, MG. Fonte: Assessoria de Comunicação da USP
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.