text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

FIA: Estudo revela que países da América Latina e Leste Europeu precisam investir em educação financeira

      

Pesquisa conclui que as ações de educação para gestão das finanças pessoais em nações em desenvolvimento são incipientes

Pesquisa feita pelo mestre em finanças e professor da FIA, André Saito, revela que as ações organizadas por regiões em desenvolvimento, como os países do Leste Europeu e da América Latina, para difundir a educação financeira, são incipientes. Segundo levantamento, nesses locais, como o Brasil, a mídia exerce papel importante da disseminação de conceitos que ensinam a população a gerir de maneira mais consciente as suas finanças.

Motivado pela importância do tema e ausência de trabalhos que avaliassem comparativamente os países, o estudo aponta ainda que Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Austrália e Coreia do Sul são os que mais desenvolvem ações para a projeção da capacitação financeira dos indivíduos, com maior envolvimento das esferas pública e privada, terceiro setor e, em alguns casos, com a inserção de disciplina obrigatória nas escolas.

Para Saito, o estudo demonstra a existência de lacunas de esforços mais organizados para inserção do tema em países em desenvolvimento. ?Percebemos que nos países desenvolvidos a educação financeira é praticada desde cedo e há uma preocupação em ensinar como administrar seu dinheiro. Países em desenvolvimento, como o Brasil, deveriam seguir o exemplo e incentivar a população a melhor gerir suas finanças, o que contribuiria significativamente para a melhor compreensão de temas como taxas de juros, empréstimos, além da intenção de se planejar os investimentos para o futuro?, argumenta.

Sobre o LABFIN (Laboratório de Finanças): o LABFIN é um centro institucional voltado para as ciências financeiras que promove pesquisas e exploração de aplicações e técnicas das Finanças Contemporâneas no Brasil. Foi concebido para permitir a realização e divulgação de estudos financeiros, usando técnicas e modelos atuais, nos âmbitos acadêmico e profissional.

Sobre a FIA: eleita por três vezes, desde 2005, como a melhor Escola de Negócios do Brasil, a FIA, um dos mais conceituados e respeitados centros educacionais do País, possui 29 anos de atuação no setor. A entidade, credenciada junto ao MEC (Ministério da Educação), atua em três frentes: consultoria, pesquisa e educação, capacitando-a para desenvolver estudos e prestar serviços nos mais variados campos de especialização da Administração.

Todos os MBAs oferecidos pela instituição alcançaram credenciamento junto à The Association of MBAs (AMBA), sediada em Londres, que referencia importantes escolas de negócios pelo mundo. Outro reconhecimento relevante foi concedido pelo jornal britânico Financial Times. O MBA Executivo, oferecido pela FIA, ocupa a posição de número 25 no ranking dos melhores MBAs Executivos das Américas, sendo o único MBA brasileiro na classificação elaborada pelo jornal, que destaca, ainda, a qualidade do grupo de alunos: o 6º mais experiente do mundo.

Fonte: Assessoria de Comunicação da FIA

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.