text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O que acontece quando estamos bêbados?

      
imagen-relacionada
Crédito: Shutterstock.com

 

O álcool é a droga mais consumida do mundo, considerando as lícitas e as ilícitas. É o maior responsável por problemas e conflitos sociais e, lamentavelmente, se caracteriza por provocar um comportamento profundamente violento nas pessoas. Mas essas são apenas uma das consequências do consumo excessivo do álcool. Mas o que acontece em nosso corpo quando estamos bêbados? Entenda.

 

» Beber álcool poderia aumentar expectativa de vida, apontam estudos
» Diferenças no cérebro determinam pessoas que bebem mais, diz pesquisa
» Beber vinho aumenta o risco de câncer de mama

 

 

O consumo de álcool e sua absorção

Enquanto uma pessoa consome uma bebida alcoólica, cerca de 20% do álcool se absorve pelo estômago e intestino delgado se encarrega dos restantes 80%. Dois aspectos vão decidir a quantidade de álcool absorvida: a graduação alcoólica da bebida e alimentação antes do consumo do álcool (quanto mais alimento ingerido, menos álcool absorvido).

 

Uma vez que o álcool desce pelo estômago e é absorvido, ele passa para a corrente sanguínea e é distribuído ao longo do corpo, começa a agir por lá e produz o estado de embriaguez. Enquanto o álcool está fazendo efeito, o corpo imediatamente começa a trabalhar para se livrar do mesmo.

 

Os rins e os pulmões se encarregam de eliminar aproximadamente 10% do álcool por meio da urina e da respiração. Parte do álcool também é eliminada por meio do suor, enquanto o fígado se ocupa do resto, digerindo-o e convertendo-o em ácido acético.

 

Na medida em que o consumo vai aumentando, o corpo sente cada vez mais os efeitos e, por último, as consequências a nível físico diretamente relacionada à concentração alcoólica sanguínea, se mostram mais claras.

 

 

O que ocorre no cérebro quando bebemos excessivamente

O álcool também afeta o cérebro e o sistema nervoso central, alterando o trabalho dos neurotransmissores. O excesso de álcool altera a atividade elétrica do cérebro o que dificulta o controle do equilíbrio corporal e causa problemas para caminhar, falar e até vocalizar as palavras.

 

 

Perguntas frequentes sobre a bebedeira

Por que nos sentimos fracos e sonolentos quando bebemos?

Porque os níveis de glicose no sangue diminuem durante a bebedeira, o que produz uma fraqueza generalizada, suor excessivo, vertigem e visão borrada.

 

Por que sinto tanta vontade de comer batata frita?

Porque a digestão das moléculas de álcool faz com que o corpo sinta necessidade de recuperar carboidratos. Essa é a razão fundamental por que as pessoas têm tanta fome durante a bebedeira.

 

Por que me sinto tão mal no dia seguinte?

Porque você está de ressaca. Quando o fígado está trabalhando e metabolizando o álcool, produz uma substância similar ao vinagre que tem certo efeito tóxico no cérebro, no estômago e no próprio fígado, provando dores de cabeça, náuseas, acidez estomacal e vômito. Ao mesmo tempo, a concentração de vitaminas e minerais no corpo diminui, o que prova a fraqueza e o cansaço.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.