Notícias

Estresse pode causar canibalismo entre células, aponta estudo

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

De acordo com pesquisa publicada na revista Cell Death & Differentiation, cientistas alemães descobriram que sob uma situação de estresse, as células humanas podem digerir suas próprias organelas. Este processo é chamado autofagia ou canibalismo, o que significa "comer-se". A autofagia é um processo biológico essencial para o funcionamento da célula. A partir deste processo, a célula elimina as organelas envelhecidas e permite a sobrevivência da célula por um período.

 

» 5 escudos contra o estresse no trabalho
» Estresse no trabalho também depende dos genes, aponta estudo
» 4 maneiras de curar o estresse do trabalho

 

Os estudiosos revelaram também que a autofagia é regulada por um "freio molecular", que interrompe o processo quando este não se faz necessário e evita a perda de controle de células.

 

Os cientistas testaram a teoria induzindo o mecanismo de autodigestão, para manter as células em uma simulação de infecção. Eles descobriram que ao mesmo tempo em que as células começaram a se comer, as moléculas do "freio" também foram ativadas para inibir a autofagia em excesso, como uma espécie de freio de emergência que impede a autofagia fora de controle. Segundo os pesquisadores, a falha deste mecanismo iria desencadear o aparecimento de doenças, por isso o processo é importante.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.