Notícias

Música funciona como recompensa para o intelecto, aponta pesquisa

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Você já se perguntou por que é tão fácil decorar certas músicas? E por que elas têm o poder de despertar mesmo as memórias mais distantes? De acordo com uma pesquisa realizada por Valorie Salimpoor, da Universidade McGill, em Montreal, no Canadá, isso acontece porque a música provoca atividade no núcleo accumbens, estrutura do cérebro responsável pelo prazer químico.

 

Leia também:
» Buscas no Google por educação crescem 30% no Brasil, revela estudo
» Pedir ajuda é uma maneira de ganhar influência, mostra estudo
» Funcionários com menor salário são mais felizes, aponta estudo

 

Essa área do cérebro é a mesma que libera dopamina durante atividades como o sexo e a alimentação e, em escalas mais profundas, impulsiona o comportamento viciante. Contudo, de acordo com o estudo, o núcleo accumbens é apenas uma parte da “sinfonia neural”.

 

A pesquisadora afirma que a música também ativa a amígdala – que está envolvida com o processamento das emoções – e algumas áreas do córtex pré-frontal – responsável pelas tomadas de decisões abstratas.

 

 

Pedir ajuda é uma maneira de ganhar influência, mostra estudo

 

Durante a pesquisa, publicada na revista Science, foram analisadas as reações de voluntários durante a exposição a músicas que eles conheciam e que não conheciam, mas poderiam gostar. A seleção foi feita com base nas preferências dos participantes, filtradas por meio de um algoritmo de análise às listas de reprodução, como o iTunes.

 

O que os pesquisadores descobriram foi que as músicas que desencadearam as respostas mais fortes, tanto das partes emocionais quanto das partes intelectuais do cérebro, foram relacionadas com a disposição de pagar mais. Isso sugere que a música não funciona apenas como uma recompensa sensorial para as pessoas, mas também um direito do intelecto.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.