text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

As 6 escolas mais bizarras do mundo

      
Fonte: Shutterstock

Você é daquelas pessoas que sempre sonharam em estudar pelo menos um semestre na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts? Infelizmente, conseguir uma bolsa para jogar quadribol, o esporte dos bruxos, e ter aulas com o professor Dumbledore será um pouco difícil. Mas uma escola na Califórnia resolveu se inspirar nos livros da escritora britânica J.K. Rowling e criou seu próprio curso de magia. Isso mesmo...magia!

 

Você pode ler também:

» USP e FGV aparecem em ranking internacional de melhores universidades
» Google Expeditions oferece excursões virtuais para escolas
» Todas as notícias de Cultura

 

A empresa Rayburn Tours, especializada em viagens de educação customizada pelo mundo, preparou uma lista com algumas das escolas mais bizarras do planeta, que vão desde oficinas para elfos ajudantes do papai noel até jardins de infância escondidos no meio da floresta. Veja algumas delas a seguir:

 

1 – Escola de Elfos da Islândia

O curso é voltado, totalmente, ao universo dos elfos, como o nome já sugere. Lá, os alunos são submetidos a aulas diárias com 5 horas de duração, onde aprendem sobre os 13 tipos de elfos existentes na Islândia, segundo as lendas típicas do país. Há também um tour pelas terras mágicas dos elfos, perfeito para viajantes curiosos.

 

2 – Escola de Bruxaria de Massachusetts

Com mais de 40.000 estudantes matriculados, a escola oferece cursos online e presenciais sobre métodos e história da bruxaria, que são ministrados diretamente da sede da escola, que fica, logicamente, em Salem.

 

3 – Escola de Magia da Califórnia

A Grey School of Wizardy foi a primeira escola de magia reconhecida como um estabelecimento de atividades educativas. A instituição conta com 16 departamentos, que incluem o estudo de Alquimia e Defesa Contra as Artes das Trevas. Assim como na escola do famoso bruxo Harry Potter, os alunos são divididos em 4 casas diferentes: Gnomes, Winds, Undines e Salamanders.

 

4 – Brooklyn Free School de Nova York

A escola não tem currículo escolar, nem notas ou avaliações, e os alunos estão liberados para fazerem o que quiserem dentro da instituição. Todas as aulas são ministradas pelos próprios estudantes, enquanto os professores ficam responsáveis por apenas moderar as discussões.

 

5 – Jardim de infância na floresta

Presente em diversos países da Europa, a rede de escolas tem o objetivo de educar crianças, de 3 a 6 anos de idade, em ambientes externos, proporcionando contato com a natureza e aprendizado prático e intenso. Os alunos são convidados a interagir com os elementos da floresta e aprender brincando.

 

6 – Escola Elementar Abo

Localizada no Novo México, Estados Unidos, a Escola Elementar Abo é uma escola subterrânea, construída durante a Guerra Fria, quando americanos e soviéticos travavam uma batalha psicológica, em que cada um dos lados ameaçava o outro com bombardeios. Com medo de futuros ataques, os governantes da cidade de Artesia resolveram abrir a primeira escola anti-bombas do país, com portas de aço pesando mais de 800 quilos cada e dispositivos de descontaminação, em caso de uso de armas químicas.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.