text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

A preguiça pode ser sinal de inteligência

      
Fonte: Shutterstock
É comum que as pessoas se sintam mais inteligentes em algumas situações do que em outras. No escritório somos todos gênios, mas é difícil sentir-se assim tão esperto deitado no sofá assistindo à televisão. Talvez seja porque todos crescemos ouvindo coisas como: gente preguiçosa não é gente de sucesso.

Você pode ler também:
» 3 dicas para transformar seu hobbie na profissão
» 4 dicas para estudar depois de adulto
» 4 formas de relaxar dentro do ambiente de trabalho

Pesquisas recentes mostram que isso não era verdade. Um estudo publicado recentemente pelo The Independent sugere que indivíduos menos ativos, os preguiçosos, são na verdade mais cerebrais do que quem está sempre ativo: “Pessoas com alto QI não ficam entediadas tão facilmente, levando esses indivíduos a passar mais tempo pensando (...) quem não gosta de pensar fica entediado mais facilmente, e esse tempo precisa ser preenchido com atividades físicas.”

A primeira reação a esse estudo talvez seja uma comemoração e um plano para passar o fim de semana no sofá encarando o teto e aproveitando sua genialidade, mas também é necessário agir com moderação. Assim como tudo que fazemos em excesso, a preguiça facilmente se torna um hábito, e causa danos à sua saúde.

Então, essa semana, não se sinta culpado por não acordar cinco horas da manhã e correr dez quilômetros como fazem os profissionais da produtividade. Ao invés disso passe esse tempo na cama, refletindo sobre seu dia, seus planos e objetivos. Porém, esteja ciente do tempo que você passa fazendo nada. Talvez esse tempo de reflexão possa ser usado para outras atividades mais urgentes, afinal até os indivíduos mais espertos sabem que ser ativo também é importante para o crescimento, bem-estar e felicidade.

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.