text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Conheça Anthony Hope e baixe seu famoso livro de graça!

      
<blockquote style=text-align: center;>Siga a série <a href=https://noticias.universia.com.br/tag/livros-grátis title=Série Livros Grátis>Livros Grátis!</a> Baixe mais de 1.500 livros sem pagar nada!</blockquote><p>Intrigas políticas, cortes cheias de mistérios, aventuras em países europeus inventados. Se esse é o tipo de coisa que você quer ver nas suas histórias, <strong>Anthony Hawkins</strong> é o autor para você. O escritor britânico nasceu em Londres, em 1863, e morreu em 1933 ainda na Inglaterra. Nesse meio tempo ele escreveu 32 livros, e entre eles a sua obra mais notável: <strong> O Prisioneiro de Zenda (The Prisoner of Zenda)</strong>. A história já foi adaptada para o cinema e televisão 10 vezes, sendo a versão mais recente o filme de 1996, e é considerada um clássico da literatura inglesa.</p><p>A vida do autor não foi sempre a de um escritor. Na verdade, ele se formou em advocacia e até começou uma carreira na área. Nessa época ele tinha tempo para escrever, e assim ele foi lentamente se distanciando da carreira de formação. Seus contos eram publicados no jornal da cidade, e seu primeiro livro (<strong>A Man of Mark</strong>) foi publicado em 1890 por ele mesmo. Ele é muito similar ao seu maior sucesso, O Prisioneiro de Zenda, que foi a sua décima publicação.</p><p>Assim como várias de suas histórias, O Prisioneiro de Zenda se passa no reino fictício de Ruritania. Trata-se de um reino europeu inventado, onde a monarquia é cheia de dramas e amores. A ideia do lugar deu tão certo que se tornou um sinônimo para um local dramático para romances de cortes em tempos modernos. Claro que o termo moderno deve levar em conta que a “atualidade” se passa na década de 1890, quando o livro foi escrito.</p><p>A partir desse conceito surgiu o gênero literário chamado de romance Ruritaniano, que conta com intrigas aristocráticas localizadas em tempos em que a monarquia não é assim tão forte na realidade, mas que vigoram em países inventados. Se você gostou do filme <strong>O Grande Hotel Budapeste</strong> de 2014, por exemplo, agradeça ao Sir Anthony Hawkins pela ideia.</p><p>Se interessou? Então <strong>leia o livro que começou o gênero Ruritaniano</strong> na sua versão original, em inglês. Baixe agora:</p><p></p><p></p><div class=lead><h3>Livros Grátis: O Prisioneiro de Zenda</h3><img src=https://imagenes.universia.net/gc/net/images/educacion/l/li/liv/livro-o-prisioneiro-de-zenda.jpg alt=title= class=alignleft/><p>O Prisioneiro de Zenda se passa no reino fictício de Ruritania. Trata-se de um reino europeu inventado, onde a monarquia é cheia de dramas e amores.</p><div class=clearfix></div><p><a href=/downloadFile/1144815 class=enlaces_med_leads_formacion button button01 title=O Prisioneiro de Zenda, de Anthony Hope onclick=ga('ulocal.send', 'event', 'DescargaFicherosBajoLogin', '/net/privateFiles/2016/9/20/livro-the-prisoner-of-zenda.pdf' ,'Paso1AntesDeLogin'); id=LIVROS rel=nofollow>FAÇA AQUI O DOWNLOAD GRÁTIS DA OBRA</a></p></div>
Fonte: Universia Brasil
Siga a série Livros Grátis! Baixe mais de 1.500 livros sem pagar nada!

Intrigas políticas, cortes cheias de mistérios, aventuras em países europeus inventados. Se esse é o tipo de coisa que você quer ver nas suas histórias, Anthony Hawkins é o autor para você. O escritor britânico nasceu em Londres, em 1863, e morreu em 1933 ainda na Inglaterra. Nesse meio tempo ele escreveu 32 livros, e entre eles a sua obra mais notável: O Prisioneiro de Zenda (The Prisoner of Zenda). A história já foi adaptada para o cinema e televisão 10 vezes, sendo a versão mais recente o filme de 1996, e é considerada um clássico da literatura inglesa.

A vida do autor não foi sempre a de um escritor. Na verdade, ele se formou em advocacia e até começou uma carreira na área. Nessa época ele tinha tempo para escrever, e assim ele foi lentamente se distanciando da carreira de formação. Seus contos eram publicados no jornal da cidade, e seu primeiro livro (A Man of Mark) foi publicado em 1890 por ele mesmo. Ele é muito similar ao seu maior sucesso, O Prisioneiro de Zenda, que foi a sua décima publicação.

Assim como várias de suas histórias, O Prisioneiro de Zenda se passa no reino fictício de Ruritania. Trata-se de um reino europeu inventado, onde a monarquia é cheia de dramas e amores. A ideia do lugar deu tão certo que se tornou um sinônimo para um local dramático para romances de cortes em tempos modernos. Claro que o termo moderno deve levar em conta que a “atualidade” se passa na década de 1890, quando o livro foi escrito.

A partir desse conceito surgiu o gênero literário chamado de romance Ruritaniano, que conta com intrigas aristocráticas localizadas em tempos em que a monarquia não é assim tão forte na realidade, mas que vigoram em países inventados. Se você gostou do filme O Grande Hotel Budapeste de 2014, por exemplo, agradeça ao Sir Anthony Hawkins pela ideia.

Se interessou? Então leia o livro que começou o gênero Ruritaniano na sua versão original, em inglês. Baixe agora:

Livros Grátis: O Prisioneiro de Zenda

O Prisioneiro de Zenda se passa no reino fictício de Ruritania. Trata-se de um reino europeu inventado, onde a monarquia é cheia de dramas e amores.

FAÇA AQUI O DOWNLOAD GRÁTIS DA OBRA


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.