text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Saiba como fazer o Ensino Médio fora do Brasil

      
<h2>Como é o <em>high school</em></h2><p><strong></strong><strong>fora do Brasil</strong></p><p>São muitas as diferenças do processo de ensino do ensino médio no exterior, se comparado com o modelo nacional. Aqui estão algumas delas.</p><p>Nessa proposta, estudantes com idade entre 15 e 19 anos podem cursar o <em>high school</em>, tanto em escolas públicas quanto privadas.</p><p>Durante um ou dois semestres, a experiência de educação internacional se desenrola, geralmente, com o jovem vivendo numa casa de famílias no exterior – o que torna a experiência cultural ainda mais completa.</p><p>E quando se fala em exterior, estamos falando de países como Estados Unidos, mas também Austrália, Canadá e Nova Zelândia.</p><p> </p><h2>Como fazer e se preparar para o high school no exterior</h2><p>De maneira geral, tendo em vista toda a carga de exigências que o estudo internacional demanda, do ponto de vista de documentação, há uma tendência que se busque apoio externo para o processo.</p><p>A proposta é pesquisar e conhecer o trabalho de agências especializadas nesse trâmite de intermediar o contato entre a família do aluno e a instituição de ensino onde vai cursar o <em>high school</em>.</p><p>Outro ponto importante é a questão financeira.</p><p>Não se esqueça que uma experiência de educação internacional costuma envolver um investimento considerável, pois compreende o custo de vida do estudante por um determinado período no exterior.</p><p>A proposta é que, o quanto antes, seja elaborado um planejamento financeiro – uma poupança ou fundo de investimentos, por exemplo – com o foco certeiro na temporada de estudos fora do país.</p><p> </p><p><a href=https://noticias.universia.com.br/cultura/noticia/2017/11/17/1156559/programar-intercambio-exige-alguns-cuidados.html><span>Os cuidados que devem ser tomados ao fazer um intercâmbio</span></a></p><p> </p><p>*</p><p>Cursar o Ensino Médio fora do Brasil tem sido uma proposta muito presente no dia a dia de famílias brasileiras. Os resultados têm sido positivo tanto do ponto de vista curricular quanto de experiência de vida!<br/><br/><a href=https://materiais.universia.com.br/jornada-de-universitario title=E-book Jornada de Universitário target=_blank><img src=https://imagenes.universia.net/gc/net/images/educacion/e/e-/e-b/e-book-jornada-de-universitario-1515431193298.jpg height=undefined width=undefined/></a><br/><br/><br/></p>

Como é o high school

fora do Brasil

São muitas as diferenças do processo de ensino do ensino médio no exterior, se comparado com o modelo nacional. Aqui estão algumas delas.

Nessa proposta, estudantes com idade entre 15 e 19 anos podem cursar o high school, tanto em escolas públicas quanto privadas.

Durante um ou dois semestres, a experiência de educação internacional se desenrola, geralmente, com o jovem vivendo numa casa de famílias no exterior – o que torna a experiência cultural ainda mais completa.

E quando se fala em exterior, estamos falando de países como Estados Unidos, mas também Austrália, Canadá e Nova Zelândia.

 

Como fazer e se preparar para o high school no exterior

De maneira geral, tendo em vista toda a carga de exigências que o estudo internacional demanda, do ponto de vista de documentação, há uma tendência que se busque apoio externo para o processo.

A proposta é pesquisar e conhecer o trabalho de agências especializadas nesse trâmite de intermediar o contato entre a família do aluno e a instituição de ensino onde vai cursar o high school.

Outro ponto importante é a questão financeira.

Não se esqueça que uma experiência de educação internacional costuma envolver um investimento considerável, pois compreende o custo de vida do estudante por um determinado período no exterior.

A proposta é que, o quanto antes, seja elaborado um planejamento financeiro – uma poupança ou fundo de investimentos, por exemplo – com o foco certeiro na temporada de estudos fora do país.

 

Os cuidados que devem ser tomados ao fazer um intercâmbio

 

*

Cursar o Ensino Médio fora do Brasil tem sido uma proposta muito presente no dia a dia de famílias brasileiras. Os resultados têm sido positivo tanto do ponto de vista curricular quanto de experiência de vida!





Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.