text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Mais uma instituição de ensino de Portugal passa a aceitar o Enem

      
<p>Em informação divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no início do mês, uma novidade internacional para estudantes brasileiros.</p><p>Uma nova universidade de Portugal passa a integrar a lista de conveniadas que aceitam os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).</p><p>Com essa notícia, a Universidade Católica Portuguesa começa a utilizar o Enem na seleção de brasileiros que tenham o interesse em estudar em Portugal.</p><p>A partir desse acordo, as instituições (a Universidade e o Inep) iniciam um processo de comunicação para avaliar resultados de candidatos que desejam estudar no exterior e utilizar o Enem.</p><p> </p><p><strong>Já são 28 instituições de Portugal que aceitam o Enem</strong></p><p>Diante dessa nova parceria, o Enem totaliza validade no processo de seleção de 28 instituições portuguesas.</p><p>Esse tipo de relacionamento interinstitucional começou em 2014, quando o Inep firmou convênio com a Universidade de Coimbra.</p><p>É importante ressaltar que esse tipo de parceria não envolve financiamento estudantil ou qualquer outro tipo de transferência de verbas pelo governo do Brasil.</p><p>Outro detalhe sobre esse processo é que, apesar de públicas, existem cobrança de taxas por parte dos estudantes em quesitos de participação nos custos do ensino.</p><p> </p><p><strong>Lista de Instituições de Portugal que aceitam o Enem</strong></p><p> </p><ul><li><a href=https://www.uc.pt/brasil/graduacao/enem><span>Universidade de Coimbra (26/05/2014)</span></a></li><li><a href=https://www.ualg.pt/pt/content/estudantes-internacionais><span>Universidade de Algarve (18/09/2014)</span></a></li><li><a href=https://www.ipleiria.pt/academicos/candidaturas/internacionais/#quando><span>Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015)</span></a></li><li><a href=https://www.ipbeja.pt/alunos/EstudInternacional/Paginas/default.aspx><span>Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015)</span></a></li><li><a href=https://portal.ipp.pt/destaques/prnoticias.aspx><span>Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015)</span></a></li><li><a href=https://www.ipportalegre.pt/html1/4acesso%20ao%20ensino%20superior/5Estudante%20Internacional.aspx><span>Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015)</span></a></li><li><a href=https://ipca.pt/ipca/servicos-ipca/servicos-academicos/futuros-estudantes/estudantes-internacionais/><span>Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015)</span></a></li><li><a href=https://internationalrelations.ipc.pt/estudante-internacional/candidaturas.html#ESPECIAL><span>Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015)</span></a></li><li><a href=https://www.ua.pt/internationalstudent/entrada><span>Universidade de Aveiro (25/11/2015)</span></a></li><li><a href=https://portal.ipg.pt/webapps/portal/frameset.jsp?tab_tab_group_id=_17_1><span>Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015)</span></a></li><li><a href=https://www.ulisboa.pt/home-page/estudar/estudantes-internacionais-2/acesso-e-ingresso-na-ulisboa/><span>Universidade de Lisboa (27/11/2015)</span></a></li><li><a href=https://sigarra.up.pt/up/pt/web_base.gera_pagina?p_pagina=gateway-estudantes-internacionais><span>Universidade do Porto (09/03/2016)</span></a></li><li><a href=https://candidaturas.uma.pt/><span>Universidade da Madeira (14/03/2016)</span></a></li><li><a href=about:blank><span>Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016)</span></a></li><li><a href=https://www.ipsantarem.pt/><span>Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016)</span></a></li><li><a href=https://www.uac.pt/><span>Universidade dos Açores (04/08/2016)</span></a></li><li><a href=https://www.ubi.pt/><span>Universidade da Beira Interior (20/09/2016)</span></a></li><li><a href=https://www.uminho.pt/PT><span>Universidade do Minho (24/10/2016)</span></a></li><li><a href=https://www.cespu.pt/><span>Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (24/03/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.ulusofona.pt/><span>Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (05/04/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.ips.pt/ips_si/web_page.inicial><span>Instituto Politécnico de Setúbal (05/04/2017)</span></a></li><li><a href=https://portal3.ipb.pt/index.php/pt/><span>Instituto Politécnico de Bragança (06/04/2017).</span></a></li><li><a href=https://www.ipcb.pt/><span>Instituto Politécnico de Castelo Branco (22/05/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.ulp.pt/><span>Universidade Lusófona do Porto (25/05/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.upt.pt/><span>Universidade Portucalense (26/07/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.ismai.pt/pt><span>Instituto Universitário da Maia (Ismai) (26/07/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.ipmaia.pt/pt><span>Instituto Politécnico da Maia (Ipmaia) (06/10/2017)</span></a></li><li><a href=https://www.ucp.pt/><span>Universidade Católica Portuguesa (22/01/2018)</span></a></li></ul><p> </p><p>Mais informações <a href=https://portal.inep.gov.br/web/guest/enem/enem-em-portugal><span>neste link do Inep</span></a>.</p>

Em informação divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no início do mês, uma novidade internacional para estudantes brasileiros.

Uma nova universidade de Portugal passa a integrar a lista de conveniadas que aceitam os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Com essa notícia, a Universidade Católica Portuguesa começa a utilizar o Enem na seleção de brasileiros que tenham o interesse em estudar em Portugal.

A partir desse acordo, as instituições (a Universidade e o Inep) iniciam um processo de comunicação para avaliar resultados de candidatos que desejam estudar no exterior e utilizar o Enem.

 

Já são 28 instituições de Portugal que aceitam o Enem

Diante dessa nova parceria, o Enem totaliza validade no processo de seleção de 28 instituições portuguesas.

Esse tipo de relacionamento interinstitucional começou em 2014, quando o Inep firmou convênio com a Universidade de Coimbra.

É importante ressaltar que esse tipo de parceria não envolve financiamento estudantil ou qualquer outro tipo de transferência de verbas pelo governo do Brasil.

Outro detalhe sobre esse processo é que, apesar de públicas, existem cobrança de taxas por parte dos estudantes em quesitos de participação nos custos do ensino.

 

Lista de Instituições de Portugal que aceitam o Enem

 

 

Mais informações neste link do Inep.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.