text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Por que existe o horário de verão?

      

Uns adoram e outros odeiam. Fato é que “não tem choro nem vela”: todo ano os brasileiros são obrigados a adiantar em uma hora o relógio no terceiro domingo de outubro.

O horário de verão é uma forma que o governo encontrou de economizar energia, para evitar sobrecarga do sistema de distribuição, como nas hidrelétricas.

Na prática, funciona assim: as horas de maior consumo são no final do dia – quando boa parte da população chega do trabalho e liga chuveiro ou qualquer outro aparelho eletrônico –, o que faz aumentar a demanda de energia.

Sendo assim, ao adiantar em uma hora o relógio, busca-se aproveitar a luz natural do dia para que as lâmpadas das casas, das indústrias e de empresas sejam ligadas somente mais tarde, quando o pico de consumo já caiu.

 

Dias mais longos

O adiantamento do relógio é feito entre primavera e verão porque nesse período os dias são mais longos, devido à posição da Terra em relação ao sol. O horário de verão só se aplica, contudo, nas regiões mais afastadas da Linha do Equador.

Isso ocorre porque as zonas equatoriais apresentam poucas variações na duração dos dias e das noites ao longo do ano.

Assim, as áreas no Brasil mais próximas a essa faixa (regiões Norte e Nordeste) não produziriam os efeitos esperados para a alteração do horário.

 

11 estados brasileiros adotam horário de verão

Atualmente, adotam o horário de verão os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

 

Horário de verão acaba no próximo domingo

O horário de verão no Brasil termina no próximo domingo, 18, quando você deve atrasar seu relógio em uma hora. Ao todo, foram quase quatro meses vendo a luz solar aparecer mais tarde e se “despedir” depois das oito horas da noite.

Será que a medida gerou a economia esperada? Fontes do governo afirmam que a eletricidade economizada durante o horário de verão é de aproximadamente 5%. A estatística é utilizada, geralmente, para rebater críticas e reclamações sobre alteração no relógio biológico dos brasileiros.

 

Horário de verão terá início em novembro

O horário de verão só terá início em novembro neste ano, conforme decreto editadoem dezembro de 2017 pelo presidente Michel Temer. Este ano, a alteração no relógio deverá ser feita em 4 de novembro e não mais no terceiro domingo de outubro.

O pedido foi feito pelo ministro Gilmar Mendes com objetivo de evitar atrasos na apuração dos votos e na divulgação do resultado das eleições de 2018.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.