text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Etec no interior de SP inicia curso para deficientes visuais

      
<p>A Escola Técnica Estadual Fausto Mazzola, a Etec localizada na cidade de Avaré, interior de São Paulo, oferece neste 2018 a terceira edição de seu curso de Informática dedicado aos deficientes visuais.  </p><p>Conheça mais aqui na Universia sobre a opção e também outras iniciativas semelhantes.</p><p> </p><p><strong>Informática para deficientes visuais</strong></p><p>A proposta do curso de informática da Etec de Avaré é uma parceria com a Secretaria Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência. As aulas neste ano tiveram início no dia 2 de março, a primeira sexta-feira do mês, e os alunos foram selecionados pela prefeitura.</p><p>O curso é grátis e aberto, com encontros semanais preparados para alunos com deficiência visual parcial e total. O diferencial está no emprego de ferramentas específicas de acessibilidade. Entre os conteúdos ministrados estão sistemas de produtividade básicos e a navegação na internet.</p><p>Aplicações que facilitam o ensino como programas de síntese de voz e apoios para leituras na tela.</p><p> </p><p><strong>Cursos da Adeva</strong></p><p>A Associação de Deficientes Visuais e Amigos, <a href=https://www.adeva.org.br/><span>Adeva</span></a>, é uma ONG que oferece uma série de serviços (inclusive educacionais) com acessibilidade para os deficientes visuais. Os cursos são gratuitos e complemente ministrados em braille, englobando áreas como informática, educação para o trabalho, marketing, idiomas e culinária, além de reforço para conteúdos do ensino regular.</p><p>A Adeva também atua com a criação e adaptação de sites, tornando-os acessíveis com base em normatizações mundiais. Outras ações desenvolvidas estão ligadas com qualificação e inclusão no mercado de trabalho, além de organização de workshops e palestras específicas.</p><p> </p><p><strong>Fundação Dorina Nowill</strong></p><p>A <span><a href=https://www.fundacaodorina.org.br/>Fundação Dorina Nowill</a> </span>trabalha com apoio e suporte ao deficiente visual em muitas frentes, tais quais a produção e distribuição de literatura acessível (em braille, áudio e digitais), empregabilidade e educação especial.</p><p>Entre os projetos estão o Revista Falada, uma publicação inteiramente em áudio, e o Trocando Saberes, uma central de disponibilização de informações sobre a deficiência visual, bem como sobre os meios atuais de acessibilidade.</p><p>Além deles, há também a Dorinateca, uma biblioteca digital com grande acervo de obras acessíveis.</p><p> </p><p><strong>Audiodescrição na USP</strong></p><p>Os interessados em conhecer mais sobre a disponibilização de acessibilidade têm uma alternativa interessante de aprendizado no curso de extensão “Princípios Básicos de audiodescrição - uma abordagem teórico prática”, oferecido pela USP.</p><p>A audiodescrição é uma ferramenta acessível que proporciona ao deficiente visual uma descrição gravada em áudio do que está acontecendo em uma tela ou display, por exemplo.</p><p>Mais informações sobre o curso, bem como seu programa, podem ser encontradas <a href=https://sce.fflch.usp.br/node/2607><span>aqui</span></a>.</p>

A Escola Técnica Estadual Fausto Mazzola, a Etec localizada na cidade de Avaré, interior de São Paulo, oferece neste 2018 a terceira edição de seu curso de Informática dedicado aos deficientes visuais.  

Conheça mais aqui na Universia sobre a opção e também outras iniciativas semelhantes.

 

Informática para deficientes visuais

A proposta do curso de informática da Etec de Avaré é uma parceria com a Secretaria Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência. As aulas neste ano tiveram início no dia 2 de março, a primeira sexta-feira do mês, e os alunos foram selecionados pela prefeitura.

O curso é grátis e aberto, com encontros semanais preparados para alunos com deficiência visual parcial e total. O diferencial está no emprego de ferramentas específicas de acessibilidade. Entre os conteúdos ministrados estão sistemas de produtividade básicos e a navegação na internet.

Aplicações que facilitam o ensino como programas de síntese de voz e apoios para leituras na tela.

 

Cursos da Adeva

A Associação de Deficientes Visuais e Amigos, Adeva, é uma ONG que oferece uma série de serviços (inclusive educacionais) com acessibilidade para os deficientes visuais. Os cursos são gratuitos e complemente ministrados em braille, englobando áreas como informática, educação para o trabalho, marketing, idiomas e culinária, além de reforço para conteúdos do ensino regular.

A Adeva também atua com a criação e adaptação de sites, tornando-os acessíveis com base em normatizações mundiais. Outras ações desenvolvidas estão ligadas com qualificação e inclusão no mercado de trabalho, além de organização de workshops e palestras específicas.

 

Fundação Dorina Nowill

A Fundação Dorina Nowill trabalha com apoio e suporte ao deficiente visual em muitas frentes, tais quais a produção e distribuição de literatura acessível (em braille, áudio e digitais), empregabilidade e educação especial.

Entre os projetos estão o Revista Falada, uma publicação inteiramente em áudio, e o Trocando Saberes, uma central de disponibilização de informações sobre a deficiência visual, bem como sobre os meios atuais de acessibilidade.

Além deles, há também a Dorinateca, uma biblioteca digital com grande acervo de obras acessíveis.

 

Audiodescrição na USP

Os interessados em conhecer mais sobre a disponibilização de acessibilidade têm uma alternativa interessante de aprendizado no curso de extensão “Princípios Básicos de audiodescrição - uma abordagem teórico prática”, oferecido pela USP.

A audiodescrição é uma ferramenta acessível que proporciona ao deficiente visual uma descrição gravada em áudio do que está acontecendo em uma tela ou display, por exemplo.

Mais informações sobre o curso, bem como seu programa, podem ser encontradas aqui.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.