text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Cursando o ensino médio a distância

      
Cada vez a educação a distância (EaD) vem se tornando uma opção real e viável para milhões de brasileiros.
Cada vez a educação a distância (EaD) vem se tornando uma opção real e viável para milhões de brasileiros.  |  Fonte: iStock

Vamos saber então quais são as regras e condições para que um estudante, tanto jovem quanto adulto, possa cursar o ensino médio a distância, e assim estar apto para disputar concursos públicos ou ainda adentrar uma universidade.


DIRETRIZES DO MEC PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DE NÍVEL BÁSICO E SUPERIOR


A educação a distância, tanto de nível básico quanto de nível superior, já havia sido tratada pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) em 1996. No entanto, a sua oferta só veio a ser regulamentada em 2017 com o Decreto 9.057 de 2017.


Ver https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Decreto/D9057.htm


https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm


Segundo o decreto de 2017, os pólos de EaD (Educação a distância) podem ser criados pelas próprias instituições de ensino, e as mesmas para serem credenciadas para o ensino a distância, não precisam estar previamente credenciadas para a modalidade presencial.


A consequência disto foi a explosão de cursos a distância, atendendo assim uma parcela ainda maior da população brasileira. Para ilustrarmos o avanço trazido pelo decreto regulamentador, de 2017 para 2018 houve um aumento de mais de 4% no número de jovens de 19 anos com o ensino médio completo. Em 2012, eram 51,7%, o que mostra que com a regulamentação do artigo 80 da LDB, o número de brasileiros com o ensino médio completo só tende a aumentar. 


Ver https://educacao.uol.com.br/noticias/2018/12/18/ensino-medio-no-brasil-quase-40-dos-jovens-nao-concluem-ate-os-19-anos.htm


No entanto, apesar do que pode parecer, a educação a distância não ocorre 100% a distância. As avaliações, estágios e laboratórios devem ser cumpridos de forma presencial.


ONDE CURSAR O ENSINO MÉDIO A DISTÂNCIA


Vejamos agora quais são as opções disponíveis para os estudantes que precisam cursar o ensino médio a distância, sabendo que existem opções de cursos por escolas privadas e públicas. É importante sempre verificar se o curso é credenciado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) local.


ENSINO MÉDIO A DISTÂNCIA PRIVADO


O Instituto Universal Brasileiro (IUB) que possui mais de 70 anos de experiência em cursos a distância no Brasil, oferece o supletivo do ensino médio a distância por menos de mil reais. Este curso é credenciado pelo CEE-SP e o exame final é feito no IUB. O material das aulas pode ser acessado pela internet mas também é recebido no endereço do aluno. 


ENSINO MÉDIO A DISTÂNCIA GRATUITO


O SESI oferece a EJA presencial e a distância, ensinos fundamental e médio, de forma gratuita. Os alunos da EJA nível fundamental precisam ter no mínimo 15 anos, e os do ensino médio 18 anos. 


ENCCEJA


Finalmente existe o ENCCEJA (Exame Nacional de Certificação para Competências de Jovens e Adultos). O exame do ENCCEJA é gratuito e acontece uma vez por ano. Atualmente, é a forma mais rápida de se conseguir um diploma de nível fundamental ou médio, pois não há a necessidade de se frequentar aulas. Basta passar no exame e possuir a idade mínima para os mesmos (15 e 18 anos). Portanto, esta acaba sendo mais uma forma de se cursar o nível médio a distância.


As provas do ENCCEJA são elaboradas e corrigidas pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas), que também disponibiliza  material gratuito para os candidatos estudarem para o exame. O certificado de nível fundamental ou médio é emitido pela Secretaria Estadual de Educação.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.